Governo tenta evitar aquartelamento

Em encontro nesta quarta, Governo faz nova proposta de reajuste para militares

Tentativas de entendimentos mira evitar aquartelamento e posterior greve

16/05/2018 por Redação

Em um novo encontro com as associações militares, realizado nesta quarta-feira (16), o Governo de Alagoas, representado pelo secretário de Segurança Pública, coronel Lima Junior, realizou uma proposta em que diminui de quatro para três anos o período em que o reajuste de 12% apresentado na última reunião seria aplicado.

De acordo com a oferta, os militares garantiriam o reajuste de 12%, sendo 5% no ano de 2019, outros 5% em 2020, e 2% em 2021.

A coronel Camila Paiva, presidente da Associação dos Bombeiros Militares de Alagoas, informou que vai acontecer uma assembleia na próxima semana para a tropa ouvir a proposta e decidir se a categoria aceita ou não. "Nós vamos nos reunir e a categoria que vai decidir se aceita a nova proposta", disse.

Os militares também cobram a recomposição do valor destinado à compra de uniforme. Além disso, a categoria espera que a Lei de Promoções e a verba para alimentação, que custa R$ 20, seja revista. Segundo os militares, eles só podem fazer uma refeição em 12 horas de serviço, com o valor pago pelo Estado.


Fonte: tnh1

Tags: em encontro nesta quarta - governo faz nova proposta de reajuste para militares