ALIMENTAÇÃO

Veganos sem grana trocam dicas baratas pela internet

Dieta da moda fazendo novos adeptos

22/04/2018 por Regiane Soares

Foi-se o tempo em que só os ricos poderiam aderir ao veganismo. Quem adota o estilo de vida que exclui todo e qualquer produto de origem animal, mas tem pouca grana usa a internet como aliada.

Hoje, há grupos e páginas no Facebook de veganos que se dizem "pobres".

O mais popular é o Veganos Pobres Brasil. Criado em 2016, o grupo tem mais de 75 mil membros.

Nele, os integrantes trocam receitas com produtos baratos e que seja possível encontrar nas cidades do país.

Se um ingrediente custar mais de R$ 10 o quilo, deve ser trocado.

A regra foi criada pela estudante Caroline Soares, 27 anos, que há dois anos aderiu ao veganismo. Foi a dificuldade de preparar refeições que a fez criar o grupo.

"Só encontrava receitas com produtos caros, como lichia, damasco e amêndoa. Percebi que faltava informação. Fui atrás e criei o grupo porque sou vegana e sou pobre."


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: veganos sem grana trocam dicas baratas pela internet