Atentado a Júnior Barbosa

Júnior Barbosa morre no HGE, em Maceió, onde estava internado após sofrer atentado

Barbosa estava internado desde o dia 24 de dezembro, quando deu entrada após ser atingido por disparos de arma de fogo. Em 2014 ele foi apontado pela polícia como líder de uma quadrilha de extermínio

12/01/2021 por Redação

Eliseu Barbosa de Oliveira Junior, conhecido como Júnior Barbosa, morreu nesta segunda-feira (11) no Hospital Geral do Estado (HGE), onde estava internado desde o dia 24 de dezembro, quando deu entrada após ser atingido por disparos de arma de fogo num bar, no bairro do Trapiche.

Segundo o HGE, o óbito foi confirmado às 18h e ocorreu devido à gravidade dos ferimentos. Os tiros atingiram várias partes do corpo e ele precisou passar por cirurgias. Júnior Barbosa encontrava-se internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Após o atentado, a Polícia Civil de Alagoas designou o delegado Leonam Pinheiro para investigar o atentado contra Junior Barbosa. A portaria foi publicada no dia 30 de dezembro. Foi dado prazo de cinco dias, podendo ser prorrogado, para instauração do inquérito policial.

O G1 fez contato com o delegado e até o fechamento dessa matéria não teve retorno.

Em 2014, Júnior Barbosa foi apontado pela polícia como líder de uma quadrilha de extermínio que enterrava as vítimas, de forma clandestina, no cemitério de São José, em Maceió


Fonte: g1.globo.com

Tags: júnior barbosa morre no hge - em maceió - onde estava internado após sofrer atentado