Curtas, Rápidas, Certas e Certeiras.

Retrospectiva 2020! Em 20 Curtas, Rápidas, Certas e Certeiras!

Este tipo de artigo, neste caso específico, é em homenagem a alguém que sempre gostou da forma escrita e descritiva.

02/01/2021 por Por Raul Rodrigues

• Em 2020 Penedo viveu entre o verso e o anverso da política local. Quem “jamais” ganharia, ganhou.

• Quem era líder das pesquisas saiu mais derrotado que Peru que morre na véspera.

• Quem insistiu em candidaturas se queimou. Pastor virou fiel da crença $$$.

• Vereador que desafiava eleição batendo no bolso perdeu o mandato mesmo com o bolso cheio do que dizia ter.

• Grandes espertalhões de campanhas foram engolidos por humildade e paciência.

• A troca de favores entre colegas da legislatura anterior se manterá sem cargos.

• A pandemia que matou ou fez vítimas com sequelas tirou férias de 45 dias.

• Grupo político derrotado em sequência e rebaixado para a 2ª divisão, anuncia sub-17.

• Március Beltrão consegue eleger – segundo opiniões – o mais difícil dos candidatos a prefeito. 

• Ronaldo Lopes dá uma LAPADA nos Toledo que já pensam convocar a base.

• Suplentes de vereador até agora são esquecidos pelo 1º escalão.

• Coronavírus tem seu lado ruim e bom. Passamos a ter UTI com 07 leitos. Mas lembre-se que 07 é a conta do mentiroso, precisamos mantê-los ativos.

• Vereadora Raquel Tavares ganhou amis que pediu. Assessoria Jurídica e vaga de Vice.

• As inteligências artificiais penedenses: Nelsinho de Vereador a Assessor de Senador, e, Denys Reis de Assessor de Senador a Vereador. Alguém morreu na praia.

• Secretariado de Lopes ase mantém entre morno. Nem quente nem frio.

• Câmara de Vereadores de Penedo virou um grande e excepcional negócio.

• 2020 foi mais ano político para 2022 que mesmo eleições municipais.

• Bolsonaro: um Presidente que terminará o mandato a depender de fevereiro de 2021.

• Alguns nomes entram na política, pequenos e saíram maiores. Outros na ordem inversa.

• Com recursos estaduais, Renan Filho poderá sair do governo maior que o seu criador. Aliás, em política esta máxima é um ato recorrente para cima ou para baixo. Depende das intenções entre o Criador e a Criatura.

 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: retrospectiva 2020! em 20 curtas - rápidas - certas e certeiras!