FLUMINENSE

Em nota, Fluminense oficializa saída de Dodi em 2021 e diz que jogador não joga mais pelo clube

Volante ficará treinando fora do elenco em horário alternativo até o fim do contrato

20/11/2020 por Redação

Fim da novela. Após a reunião onde foi suspensa a negociação para renovação com Dodi, o Fluminense se manifestou por meio de uma nota oficial na tarde desta quinta-feira. O clube confirmou que o volante de 24 anos, titular da equipe de Odair Hellmann, não continuará em 2021 e informou que o jogador não vestirá mais a camisa tricolor: foi afastado e passará a treinar em separado do elenco até o término de seu contrato, no fim de dezembro. Ele teria mais seis jogos a fazer no período.

O clube acusou o estafe do jogador de ter feito leilão durante as negociações e se queixou de os empresários só terem dado uma resposta a um dia do fechamento do prazo de inscrições de novos jogadores no Campeonato Brasileiro, impossibilitando uma ida ao mercado para reposição. Ainda segunda a nota oficial, o Fluminense afirmou que Dodi já estaria negociado com um time do exterior, informação não confirmada pelo estafe.

Veja a nota oficial:
"Os empresários do jogador Dodi informaram ao Fluminense Football Club, somente na tarde de hoje, que o jogador já está negociado a um clube estrangeiro (não informado) e que, portanto, não está disposto a seguir com as negociações. Embora o clube tenha insistido, por diversas vezes, em uma resposta, seus empresários só atenderam a este chamado hoje, a um dia do encerramento da janela de contratações, causando grande prejuízo operacional ao clube.

As tratativas haviam se iniciado ainda no período das finais da Taça Rio e envolveram diversas tentativas de acordo mas, segundo os representantes, mesmo que o clube oferecesse uma nova proposta hoje, não adiantaria, pois a decisão já estava tomada havia tempo.

O Fluminense já havia sido alertado, ainda em setembro, de que os empresários do jogador o ofereciam a diversos clubes ao mesmo tempo em que negociavam a permanência do atleta, em atitude que não condiz com a ética que se espera de qualquer um que se relacione com o clube. A partir de hoje, Dodi não mais atuará pelo Fluminense e treinará em horário alternativo até o fim de seu contrato, que está previsto para 31 de dezembro de 2020, já que seus representantes sequer acenaram com a possiblidade de estender o contrato até o final do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021".

As conversas para renovação de contrato de Dodi começaram durante as finais do Campeonato Carioca e se transformaram em "novela". Após três propostas iniciais do Fluminense, os empresários apresentaram uma contraproposta na faixa de R$ 250 mil de salários e luvas de R$ 2 milhões para um contrato de quatro anos contra os três iniciais ofertados pelo clube. O volante ganha atualmente R$ 70 mil mensais.

Na última semana, o presidente Mário Bittencourt respondeu com uma nova proposta, de quatro anos de contrato, com salário inicial de R$ 150 mil, aumento para R$ 170 mil no segundo ano, R$ 190 mil no terceiro e R$ 220 mil no quarto. As partes, então, combinaram de se encontrar novamente nesta semana para tentar chegar a um acordo. O estafe de Dodi manteve desejo de valores mais altos que os ofertados pelo Fluminense e ambos não chegaram a um consenso.

O volante conta com três representantes para gerenciar sua carreira. O principal deles é Carlos Escuro, que tem liderado as negociações que começaram no início do segundo semestre, junto com seus sócios Tadeu Cruz e Márcio Bittencourt. Dodi foi revelado pelo Criciúma e chegou ao Fluminense no meio de 2018 por empréstimo e em 2019 assinou em definitivo por dois anos. O jogador tem 74 jogos pelo clube e dois gols marcados.


Fonte: globoesporte.globo.com

Tags: em nota - fluminense oficializa saída de dodi em 2021 e diz que jogador não joga mais pelo clube

Galeria de fotos