E olhe que RL e JL era um sonho distante

Onde se localiza a “intelectualidade” de parte da “elite” penedense?

A mesma "elite intelectualizada" se comportou para a escolha para vereador reelegendo a maioria, e renovando com Val das Bananas e Irmão João!

19/11/2020 por Por Raul Rodrigues

Uma das grandes discussões durante todo o período eleitoral das eleições 2020 em Penedo foi o fato da junção entre Ronaldo Lopes e João Lucas. Peças destoantes da política local. Entretanto uma das máximas da política que é unir os distantes.

Em rápidas palavras e curto texto, entendemos que João Lucas somou mais – periferias inatingíveis por RL – que reduziu ou diminuiu o número de votos da “elite intelectualizada” de Penedo, pois em reação ao nome de João Lucas, deveria votar então quem? Ivana com um passado totalmente torpedeado por ações sua autoria e ainda contaminada por atos contínuos do seu mentor político Alexandre Toledo, Ambos condenados? Em Nelsinho que sabidamente não passaria de um coadjuvante? No Pastor Júnior o passageiro da agonia? Ou no candidato do Republicanos também reduzido em votos?

Se fosse para não eleger Ronaldo Lopes e João Lucas teria essa “elite intelectualizada” que votar em quem reunisse as chances de vitória contra RL e JL. E neste viés apenas Ivana representaria essa oportunidade. Mas pelo passado tenebroso não justificaria uma pessoa “elitizada e intelectualizada” votar em condenada.

Fica então a pergunta: Ronaldo e João Lucas representavam a união de elite e do povão, logo, somente poderia desaguar na vitória esmagadora que se deu, ferindo ao placar do mais otimista dos especuladores de resultados.

Penedo escolheu o melhor e dentro da logística das premissas da política. A União entre os Contrários!


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: onde se localiza a “intelectualidade” de parte da “elite” penedense?