INTERNACIONAL

Inter revive pior fase no Brasileirão, perde liderança e amplia urgência por resposta

Colorado chega ao quarto jogo sem vencer na competição e cai para a vice-liderança com derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro

15/11/2020 por Redação Eduardo Deconto

O Inter liderou o Brasileirão em 10 das 21 rodadas disputadas até aqui. Ninguém ficou tanto tempo na primeira colocação. Mas o Colorado se vê obrigado a tratar a liderança do Campeonato Brasileiro, neste tempo verbal que inicia o texto: como algo do passado.

Antes líder, o Inter caiu para a segunda colocação com a derrota por 2 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, pela 21ª rodada. A partida na Baixada Santista marcava o início da caminhada com Abel Braga no Brasileirão após o pedido de demissão de Eduardo Coudet.

O plano era dar continuidade ao trabalho do antecessor. E a continuidade veio, de fato. Mas apenas para a oscilação recente vivida pela equipe no Nacional, agravada por uma marca indigesta.

O Colorado chegou à quarta partida consecutiva sem vitórias no Campeonato Brasileiro e igualou sua pior sequência na competição até aqui. Os reflexos são ainda mais severos.

O Inter caiu para vice-liderança, com os mesmos 36 pontos do São Paulo, terceiro colocado com três jogos a menos, e Flamengo, em quarto. A equipe está a dois pontos de Atlético-MG, novo líder com 38.

O Inter tem agora a terceira campanha em termos de aproveitamento, com 57,1% dos pontos somados. Está atrás de São Paulo (66,7%), Atlético-MG (63,3%) e empatado com o Flamengo (60,3%).

— A gente não está conseguindo dar uma continuidade boa. Temos que ter atitudes, como foi pedido hoje. E ter a entrega como líder . Temos que procurar reagir. Isso tem que ser para ontem. A gente sai todo mundo chateado, porque em três dias são duas derrotas — avalia Abel, se referindo também à derrota para o América-MG, pela Copa do Brasil, em sua estreia.

> Sequência sem vencer no Brasileirão:
18ª rodada - Inter 2 x 2 Flamengo - Beira-Rio
19ª rodada - Corinthians 1 x 0 Inter - Neo Química Arena
20ª rodada - Inter 2 x 2 Coritiba - Beira-Rio
21ª rodada - Santos 2 x 0 Inter - Vila Belmiro
A sequência negativa atual começou ainda sob o comando de Coudet e, paradoxalmente, com uma atuação de luxo no empate em 2 a 2 com o Flamengo no Beira-Rio, pela 18ª rodada. Depois, foram mais três tropeços, frutos de mas atuações.

A equipe fechou o primeiro turno com derrota para o Corinthians em Itaquera e abriu o returno com empate em 2 a 2 diante do Coritiba no Beira-Rio. E veio a derrota para o Santos já com Abel Braga.

O Colorado havia vivido oscilação idêntica entre a 10ª e a 13ª rodadas, quando amargou duas derrotas para Goiás e Fortaleza, seguidas de empates com São Paulo e Grêmio. A sequência o fez perder a liderança.

Mas a equipe conseguiu reverter a instabilidade: transformou a seca em invencibilidade de sete jogos, com quatro vitórias consecutivas. Reassumiu a liderança na 17ª rodada e só a perdeu agora.

Confiança no grupo por resposta
A avaliação da diretoria colorada bate com o retrospecto. Em entrevista coletiva após a derrota para o Santos, o vice-presidente Alexandre Chaves Barcellos afirmou que a oscilação colorada vem de antes da troca de treinador.

O dirigente diz que a última grande atuação da equipe veio no empate com o Flamengo. A aposta é no potencial do grupo para dar a volta por cima, como já ocorreu em outros momentos no ano.

- O Abel conseguiu dar dois treinos, e fizemos dois jogos. Não é de agora que não estamos jogando bem. Nosso último grande jogo foi contra o Flamengo. De lá para cá, caiu bastante. O Brasileirão vai continuar sendo um grande perde e ganha. Quando tivemos a oscilação no Gauchão, buscamos a força no grupo. Foi este grupo que nos trouxe até aqui - afirma o dirigente.

O Inter é vice-líder do Brasileirão com 36 pontos. A equipe tenta encerrar a oscilação contra o Fluminense, no próximo domingo, às 18h15, no Beira-Rio, pela 22ª rodada.

A recuperação pode vir até antes. O Colorado enfrenta o América-MG na próxima quarta-feira, às 21h30, no Independência, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. Precisa reverter a desvantagem da derrota por 1 a 0 no duelo de ida.


Fonte: globoesporte.globo.com

Tags: inter revive pior fase no brasileirão - perde liderança e amplia urgência por resposta

Galeria de fotos