Presos por execução em Maceió

Operação prende 4 suspeitos de crimes de execução em Maceió

Policiais também apreenderam uma adolescente de 16 anos; grupo atuava nos bairros do Jacintinho e Cidade Universitária

24/10/2020 por Redação Jobison Barros

A Polícia Civil (PC), através da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), desencadeou uma operação nas primeiras horas desta sexta-feira (23). As equipes prenderam 4 pessoas e apreenderam uma adolescente infratora de 16 anos, todos supostamente envolvidos em crimes de homicídios na capital.

O objetivo da força-tarefa foi prender autores de crimes ocorridos na Cidade Universitária e no Jacintinho, neste ano. A operação contou com a participação, também, da Operação Policial Litorânea (Oplit).

HISTÓRICO DOS ENVOLVIDOS

M. V. V. S., 24 anos, e R. E. S. A., 20 anos, foram indiciados e presos por terem assassinado Wallisson Patrick da Silva Costa, 26, homicídio ocorrido no dia 11 de abril de 2020, por volta das 02h, no conjunto Jardim Royal. O motivo do crime seria uma briga de torcida. A vítima era torcedora do CRB e os autores, do CSA. O homicídio foi praticado com instrumento contundente (pedras e pedaço de madeira). Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Criminal.

O. V. L. B., 22, e K. R. M. N., 16, foram capturados em cumprimento a mandados de prisão e apreensão expedidos pela 9ª Vara Criminal e 1ª Vara da Infância e Juventude, respectivamente. Ambos são autores do homicídio que vitimou Jonas Ferreira Peres da Silva, vulgo Brejal, fato ocorrido no dia 15 de julho de 2020, às 14h30, no Jacintinho. O crime foi praticado por meio de disparos de arma de fogo, logo após a vítima ter sido atraída por uma dos autores e surpreendida numa emboscada. Segundo a investigação, Brejal teria sido assassinado porque estaria se envolvendo com a facção rival.

Já o preso J. A. S., 21, foi indiciado na condição de partícipe do homicídio da vítima Antônio Pedro Rodrigues dos Santos, 23, ocorrido no dia 28 de junho de 2020, por volta das 16h, no conjunto Lucila Toledo, em Maceió. J. A. S. teria emprestado a arma para o irmão cometer o homicídio, pois este teria sido expulso da região, por faccionados, e pretendia se vingar, ceifando a vida de qualquer um que encontrasse na região.

Segundo a polícia, o irmão de J. A. S. já foi preso, anteriormente, pela DHPP, e se encontra no sistema prisional, há algum tempo. Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Criminal da Capital.

 


Fonte: gazetaweb.globo.com

Tags: operação prende 4 suspeitos de crimes de execução em maceió