GOIÁS

Enderson discute com Mano Menezes e revela provocação: "Jogaste com 12, hein professor?"

Após bate-boca à beira do campo, comandante do Goiás diz que ficou revoltado com o que chamou de "falta de respeito tremenda" e critica técnico do Bahia: "Não dou essa liberdade a ele"

17/10/2020 por Redação

Pressionados, Goiás e Bahia empataram por 1 a 1 em jogo nervoso e que teve discussão feia até entre os técnicos. Enderson Moreira e Mano Menezes bateram boca à beira do campo durante a partida, pouco após o treinador esmeraldino ser expulso por reclamação. O comandante tricolor também foi excluído pelo árbitro após o apito final.

De acordo com Enderson Moreira, ele se encaminhava para os vestiários quando foi provocado por Mano. Em tom de ironia, o técnico teria insinuado que o Goiás foi beneficiado pela arbitragem. Enderson condenou a atitude do colega de profissão.

- Eu passei e ele virou pra mim: "Jogaste com 12 hoje, hein professor"? Achei uma falta de respeito tremenda. Não dou essa liberdade a ele
- Se ele tem indagações, faça a quem cabe. Não me ponha nesse meio. Nós fizemos nosso trabalho, e ele não pode tirar nosso mérito. Acho um absurdo que ele tenha feito esse tipo de comentário, pois não dou liberdade para ele fazer isso - completou Enderson.

Na avaliação de Enderson, Mano e outros treinadores com mais bagagem no futebol brasileiro acabam recebendo mais tolerância por parte da arbitragem. Ele criticou essa suposta paciência maior.

- Hoje fui expulso porque falei para o árbitro que não teve contato em um lance. Tem treinadores que xingam e não são expulsos. Mas como é "o Enderson Moreira", é mais fácil fazer isso. Peço desculpa ao torcedor, pois deveria ter me controlado mais, mas não fiz nada além de falar que não houve contato em lance que estava sendo revisado pelo VAR.

Para além das polêmicas, Enderson lamentou também mais um jogo sem vencer. Desde que assumiu o Goiás, o treinador já comandou o time em cinco partidas e não ganhou - quatro derrotas e um empate.

- A gente lamenta demais, mas meu trabalho é fazer essa equipe jogar melhor, ter argumento. Durante boa parte da partida, tivemos o controle. Infelizmente, depois do gol nós recuamos muito. Esse não é o caminho. Isso é muito triste e decepcionante. Saio chateado, decepcionado. Precisamos de resultados para ontem.

O Goiás é lanterna do Campeonato Brasileiro com 10 pontos e volta a campo na segunda-feira, contra o Botafogo, no Nilton Santos. Por ter sido expulso, Enderson não poderá comandar o time. Rafael Moura recebeu o terceiro cartão amarelo e também está suspenso.


Fonte: globoesporte.globo.com

Tags: enderson discute com mano menezes e revela provocação: "jogaste com 12 - hein professor?"

Galeria de fotos