OLIMPÍADAS

Governo contempla 247 atletas olímpicos e paralímpicos em nova lista do Bolsa Pódio

Medalhistas olímpicos e paralímpicos como Isaquias Queiroz e Daniel Dias e ícones do surfe estão na relação do benefício, que distribui entre R$ 5 mil e R$ 15 mil mensais

16/10/2020 por Redação

O governo federal anunciou nesta quinta-feira que 247 atletas de alta performance do esporte nacional terão direito ao programa Bolsa Pódio, que paga entre R$ 5 mil e R$ 15 mil mensais para que os competidores possam investir em treinamento e aprimoramento de olho em Olimpíadas, Campeonatos Mundiais e outros eventos.

Dos contemplados, 107 são concernentes a modalidades olímpicas e 167 de disputas paralímpicas. Para determinar quais atletas receberão o benefício, a secretaria especial de esporte - órgão vinculado ao Ministério da Cidadania - acolhe sugestões do COB (Comitê Olímpico do Brasileiro) e do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro).

Para se candidatar à bolsa, os atletas devem estar entre os 20 primeiros colocados do ranking mundial de suas respectivas modalidades - o valor da remuneração varia conforme a posição na listagem.

Entre os contemplados nesse exercício estão os medalhistas olímpicos Thiago Braz, Isaquias Queiroz e paralímpicos como Daniel Dias. Os surfistas Gabriel Medina, Italo Ferreira e Tatiana Weston-Webb, que estarão nas Olimpíadas de Tóquio no próximo ano, também tiveram direito à renovação do benefício. A lista pode ser acessada neste link.

O programa Bolsa Pódio foi criado em 2013 pelo então Ministério do Esporte, já em meio à preparação dos atletas do país para os Jogos Olímpicos do Rio.

- Tenho certeza de que esse recurso será muito importante para que eles possam seguir treinando e se preparando da melhor maneira possível para defender o Brasil nos Jogos de Tóquio - disse o ex-jogador de handebol Bruno Souza, atualmente secretário nacional de alto rendimento.


Fonte: globoesporte.globo.com

Tags: governo contempla 247 atletas olímpicos e paralímpicos em nova lista do bolsa pódio