Representatividade

Candidatos negros são a maioria nas eleições municipais em Alagoas

No Brasil, esta é a primeira eleição que tem mais candidatos negros que brancos

16/10/2020 por Gabi Flores

Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelaram que, em Alagoas, do total de candidatos com registros validados pela Justiça Eleitoral 4.511 (60,07%) se declararam pardos e 564, negros (7,61%).
Nas últimas eleições para prefeitos e vereadores, em 2016, 70,4% de todos os candidatos no estado se declararam pretos ou pardos. Já em 2020, o número de candidatos diminuiu para 67,5%.

Apesar da diminuição, os dados mostram que os brancos não são maioria nas eleições deste ano, registrando a porcentagem de 30,8%. Já os candidatos negros -pretos e pardos- registram 67,5%.

Brasil

Segundo o TSE, cerca de 215 mil candidatos são pardos e aproximadamente 57 mil são pretos. Juntos, pretos e pardos são considerados negros, segundo classificação utilizada pelo IBGE. Assim, as eleições de 2020 têm cerca de 272 mil candidatos negros no país, o que representa 49,9% de todos os concorrentes.

Já 260,6 mil candidatos se autodeclaram brancos, ou 47,8% do total. Nas últimas eleições municipais, em 2016, 52,4% dos candidatos eram brancos e 47,8% eram negros. Esta proporção é semelhante à encontrada nas eleições de 2018, quando 52,4% dos concorrentes eram brancos e 46,6% eram negros. Em 2020, porém, a conta se inverteu e os negros, mesmo não sendo maioria, representam mais candidatos que os brancos.

Esta é a primeira vez que uma eleição tem mais candidatos negros que brancos.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: eleição - eleitor - alagoas - candidato