Decisão coloca pais sob pressão

Maceió só vai para a Fase Verde quando pais e escolas chegarem a um acordo

Pressão começa a ser exercida sobre pais e alunos para um iminente risco de morte. Quem se responsabiliza?

22/09/2020 por Ricardo Mota

A Fase Verde da flexibilização em Maceió só chegará quando houver algo próximo a um entendimento entre donos de escola e pais (e mães) de alunos.

O que acontece hoje?

A divisão dentro de cada grupo, com manifestações a favor do retorno das escolas e contra a volta às aulas presencial.

A rede pública, onde a situação é mais complicada, já que as crianças e os adolescentes não têm muitas opções de lazer (e vida) que não fora de casa, a expectativa é de que a Secretaria de Saúde analise e defina os protocolos de retorno presencial.

Nas escolas particulares, o ensino remoto vai apresentando resultado tolerável e até custa mais barato, ressalte-se, do que o ensino presencial.

Enquanto uma das forças contrárias não se mostrar majoritária, o governo não deve publicar um avanço para a Fase Azul em Maceió.

Outro problema é o setor de eventos, que vem funcionando aqui e ali, mas sem ainda o reconhecimento formal.

Quanto ao interior, a campanha eleitoral nas ruas já deixou claro o protocolo: aglomeração faz bem (imagino que ao coronavírus).


Fonte: tnh1

Tags: maceió só vai para a fase verde quando pais e escolas chegarem a um acordo