VASCO

Fernando Miguel, do Vasco, vê regra de pênaltis "injusta" com goleiros: "Precisa voltar com o mesmo batedor"

Ao participar do Caioba Game Show, goleiro comenta lance invalidado pelo VAR na derrota para o Coritiba

22/09/2020 por Redação

O goleiro Fernando Miguel, do Vasco, foi um dos convidados da edição desta segunda-feira do Caioba Game Show. Ao lado do comentarista Pedrinho, o jogador participou das brincadeiras comandadas pelo apresentador Caio Ribeiro e, dentre outros assuntos, comentou a derrota do time carioca para o Coritiba, domingo, pelo Brasileirão.

Um lance, porém, tomou conta da conversa: o pênalti defendido, em cobrança de Sabino, invalidado pelo VAR. Ao lamentar ter se adiantado, o goleiro sugeriu mudança na regra: a impossibilidade de mudar o batedor quando a cobrança for repetida.

- A regra é mais injusta ainda porque (o time adversário) vai lá e muda o batedor. Se for voltar, precisa voltar com o mesmo batedor. Já tem toda a dificuldade da regra, que tira um pouco o nosso campo de avançar no batedor. Ok, é a regra, então, temos de achar soluções. Eu já defendi dois no Brasileiro (outro diante do São Paulo, também invalidado), mas é muito difícil pegar pênalti. Lamento não ter me segurado por mais uns milímetros para concretizar essas defesas - disse o vascaíno.

Pedrinho chegou a sugerir que, antes da cobrança, o goleiro ficasse atrás da linha. Fernando Miguel revelou ter pensado na possibilidade, mas recordou que não é permitido.

- Vou até falar com (Leonardo) Gaciba (chefe da arbitragem da CBF). Durante o jogo, eles falam que têm de ficar em cima da linha. Eu pensei na estratégia de ficar atrás e pular na linha, mas não pode. Acho que precisa de um entendimento melhor - completou Fernando Miguel.

 


Fonte: globoesporte.globo.com

Tags: fernando miguel - do vasco - vê regra de pênaltis "injusta" com goleiros: "precisa voltar com o mesmo batedor"