O pior da Covid-19 já passou

Estudo aponta que pior da pandemia de Covid-19 já passou

Segundo epidemiologistas, picos anuais continuam altos em alguns cenários, mas não tanto quanto foi o de 2020

22/09/2020 por Redação Rafael Garcia

SÃO PAULO - Um grupo de epidemiologistas da Universidade de Princeton (EUA) simulou como será a pandemia em diferentes cenários, com ou sem vacina e com diferentes perfis de imunidade de rebanho, sugerindo que o pior já passou. Em nenhum dos oito cenários destacados pelos cientistas em estudo na Science, a Covid-19 volta a infectar tanta gente quanto em 2020. Em dois deles, porém, a oscilação da epidemia até 2025 tem picos anuais da mesma ordem de grandeza, não muito menores do que foi o de 2020.

Dois fatores cruciais para entender o futuro próximo da pandemia, mostram as simulações, serão a eficácia da capacidade de distribuição de uma vacina (caso surja uma), as características dos casos de reinfecção por Covid-19, se acontecerem com frequência, e a duração da imunidade natural que os infectados adquirem.

No cenário mais otimista (em que a imunidade natural é forte e duradoura, e a vacinação começa no meio do ano que vem), o pico da epidemia não se repete mais até 2025. No pior cenário (sem vacina e com imunidade natural fraca), a Covid-19 volta anualmente em picos grandes, da mesma ordem de grandeza daquele visto neste ano, mas não tão grandes.

 


Fonte: oglobo.globo.com

Tags: estudo aponta que pior da pandemia de covid-19 já passou