Crime brutal

IML confirma que menina de 6 anos foi estuprada e morta por estrangulamento em Maravilha

Corpo da criança foi encontrado dentro de um saco no telhado da casa de um homem, que foi preso em flagrante.

08/08/2020 por Redação

O Instituto de Medicina Legal de Arapiraca (IML) concluiu na manhã desta sexta-feira (7) o exame cadavérico da menina de 6 anos que foi estuprada e morta, em Maravilha, no interior de Alagoas. A necropsia apontou que a Beatriz foi morta por estrangulamento. O estupro também foi confirmado.

O perito médico legista Jânio Macário, que foi responsável pelo exame, informou que a criança foi estuprada antes de ser assassinada.

"Durante o exame, além de confirmar a causa da morte e o estupro, localizei e coletei no corpo da vítima, material biológico do possível autor dos crimes. Esses vestígios deverão ser utilizados para comprovar a autoria material dos crimes através do exame de DNA", explicou o médico.

O corpo da criança foi encontrado na manhã de quinta-feira (6) dentro de um saco de nylon em cima do telhado de um homem, que foi preso em flagrante. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Santana do Ipanema, onde prestou depoimento ao delegado Hugo Leonardo, e foi autuado por homicídio, sequestro e cárcere e estupro de vulnerável.

A família contou à polícia que a criança havia desaparecido na quarta-feira (5).

Uma equipe do Instituto de Criminalística (IC) estava no local do crime para fazer a perícia, logo em seguida o corpo foi levado para o IML do Agreste de Alagoas. Após o exame de necropsia, o corpo da criança foi liberado para sepultamento.

A Associação AME, que acolhe mulheres vi?timas de viole?ncia, divulgou uma nota de repúdio pelo compartilhamento da foto do corpo da criança. Os perfis foram notificados a deletarem a imagem. Caso não deletem, serão processados.

 


Fonte: g1.globo.com

Tags: iml confirma que menina de 6 anos foi estuprada e morta por estrangulamento em maravilha

Galeria de fotos