Penedo precisa evitar acidentes administrativos

Seria um bom começo para uma pré-candidatura uma relação de débitos do político?

Estes são os fatos cuja realidade pode ser oficializada por meio de solicitação oficial à prefeitura de Penedo. Basta se apoiar na Lei de Imprensa.

31/07/2020 por Por Raul Rodrigues

Em Penedo um dos nomes badalados como pré-candidato a prefeito em 2020 é do ex-prefeito Alexandre Toledo. Ele nega peremptoriamente. Mas isso o povo já sabe que é parte da sua estratégia de político, médico parteiro, só chega de última hora. E neste momento bote para esperar o parteiro.

Entretanto, já que seu grupo tanto badala o nome do não pré-candidato é também necessário que se faça um breve histórico das administrações Toledo. E como um bom viés para se analisar a um político é se enxergar o que se pode contabilizar em sua conta os erros, já que acertos faz parte de “pré-campanha”, façamos a nossa parte enquanto veículo de imprensa.

Alexandre Toledo deixou de herança em seu terceiro mandato – 2009/2012 – um “rombo” segundo o vice-prefeito ao tomar posse na Câmara de Vereadores de Penedo, Israel Saldanha, que levou todo o restante do mandato em sacrifício culminando em um desastre contábil em dezembro de 2012, e que segue:

Salários em atraso dos servidores - R$ 6.448.302,28 - bruto
Meses de novembro, dezembro e parte do décimo terceiro dos servidores da Saúde em atraso. Outras secretarias ficaram em atraso o mês de dezembro.

Pagos em Janeiro pela administração Beltrão - Servidores da Educação e Agentes Comunitários de Saúde, referentes ao mês de dezembro - R$ 1.058.379,99.

INSS - quase R$ 47 milhões.

Fornecedores da prefeitura de Penedo

Empresa X - móveis escolares - R$ 421.379,40.
Empresa XY - livros escolares - R$ 668.000,00.
Empresa XYZ - caminhão compactador e coleta de lixo - R$ 1.273.000,00.
Sesi - parcelas em atraso pela aquisição do Sesi em Penedo, hoje clube do trabalhador - R$ 558.000,00.
Empresa XYZK - aluguéis de imóveis pela prefeitura - R$ 49.000,00.
Empresa de alimentação e hotelaria - alimentação e hospedagem - R$ 49.000,00
Empresa XYZKW - material esportivo - R$ 13.480,00
Aluguel de 36 casas - Residências em risco de desabamento e destruídas pelas chuvas. Foram alugadas casas enquanto novas eram construídas - R$21.600,00.
Empréstimos consignados - Banco e Sindspem - R$ 413.288,49.

Total de débitos com fornecedores até do dia 25 de janeiro - R$ 9.394.043,47.

Total herdado até esta sexta-feira - R$ 62.842.345,75 (sessenta e dois milhões, oitocentos e quarenta e dois mil, trezentos e quarenta e cinco reais e setenta e cinco centavos.)

Evitamos colocar os nomes da devidas empresas para não causar danos e imbróglios jurídicos. Mas Penedo sabe quais são.

Com um Currículo desse é recomendável ao povo escolher tal pretenso candidato?
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: seria um bom começo para uma pré-candidatura uma relação de débitos do político?