Setor de serviços em AL

Volume do setor de serviços em AL cai 2,8% em maio e estado fica entre os quatro maiores recuos do país

Pesquisa divulgada pelo IBGE aponta que essa é a quarta taxa negativa consecutiva do setor no estado

11/07/2020 por Redação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (10) dados da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) que mostra que o volume de serviços em Alagoas caiu no mês de maio, resultando num recuo de 2,8%.

Essa é a quarta taxa negativa consecutiva do setor, que experimentou retração em Alagoas nos meses de fevereiro (0,4%), março (6,7%) e abril (27,6%). O último indicador tem como base o comparativo feito com abril, ainda diante das medidas adotadas para conter a pandemia de Covid-19.

A PMS é uma pesquisa mensal que abrange cinco grupamentos de atividades da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE 2.0): serviços prestados às famílias (como alojamento e alimentação), serviços de informação e comunicação, serviços profissionais, administrativos e complementares, transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio e outros serviços.

A pesquisa revela ainda que Alagoas registrou o quarto maior recuo percentual do país, com um índice abaixo do observado no Pará (3,2%), Piaui (3,6%) e Distrito Federal (13,9%).

Na comparação com o mesmo período do ano passado (maio de 2019), o recuo do setor foi de 34,8% em Alagoas. Já no acumulado de janeiro a maio de 2020, frente a igual período do ano anterior, a queda no volume de serviços foi de 15%.

 


Fonte: g1.globo.com

Tags: volume do setor de serviços em al cai 2 - 8% em maio e estado fica entre os quatro maiores recuos do país