Liberar parcialmente o transporte

Após cobranças, governo decide liberar parcialmente o transporte intermunicipal

Retomada deve acontecer a partir do próximo dia 20 de julho; classe reivindicou a volta após três meses de atividades paralisadas

07/07/2020 por Redação

Após cobranças de trabalhadores do transporte intermunicipal, o governo de Alagoas decidiu, em reunião nesta segunda-feira (6), liberar parcialmente a frota a partir do próximo decreto emergencial, que tem previsão para entrar em vigor no dia 20 de julho. O encontro foi mediado pelo Ministério Público Federal em Alagoas (MPF/AL).

A classe, que já vem solicitando a ajuda do governo desde o mês de março, quando começou a valer o primeiro decreto no Estado. Desde então, cerca de 1.300 profissionais estão impedidos de atuar devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Complementares de Alagoas (Sintracomp/AL), Maércio Ferreira, a negociação foi longa, mas o governador Renan Filho se comprometeu a tentar viabilizar todos os 14 itens apresentados pela classe.

Uma das medidas discutidas é a liberação de linha de crédito com bonificação para os trabalhadores, que deverão acessá-la com menos burocracia.

Ainda de acordo com Maércio Ferreira, o governador afirmou que pretende avançar com a reabertura econômica, seguindo as fases do Distanciamento Social Controlado, que iniciou na última sexta (3), com a fase laranja.


Fonte: gazetaweb.globo.com

Tags: após cobranças - governo decide liberar parcialmente o transporte intermunicipal