A expertise está no oportunismo

A expertise dos empresários dos Supermercados em plena pandemia.

Se os preços das variedades mais compradas variarem em centavos, pelo movimento das mercadorias isto se torna em lucro considerável pela quantidade vendida.

01/07/2020 por Por Raul Rodrigues

Quem não faz feira não sente e não sabe. Mas quem faz sabe que os preços nos supermercados em todo o país, e Alagoas é Brasil, estão disparando sem nenhuma razão para variações que chegam a 40% a mais nas mesmas mercadorias de um supermercado para o outro.

Se a população não observa, não se liga, quem paga o pato é ela.
 
Todas as semanas Silvana, minha esposa, faz compras nos três supermercados de Penedo. E por que ir aos três supermercados? Porque dentre os três, os preços de várias mercadorias são diferentes e com variações que batem até 50% de diferença de um para o outro.

Nos tempos do programa nas rádios cheguei a pensar que se tratava de uma espécie de cartel. Mas não é.

Pude comprovar ficando dentro nosso veículo que existe uma parcela da população que faz suas compras em um único supermercado. Esta não percebe as diferenças de preços. E também pude verificar que algumas “pessoas” visitam os supermercados para anotarem os preços por mercadorias. A concorrência atenta.

O feijão carioca, um dos produtos observados, houve uma variação de até 41%. Na área da limpeza, a variação para o detergente líquido, por exemplo, chegou até 43%, os alimentos, hortifrutis e as carnes, também aparecem com valores discrepantes entre os três supermercados de Penedo.

Qual o nosso objetivo neste contexto? Alertar a população para ficar mais atenta. 
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: a expertise dos empresários dos supermercados em plena pandemia.