Advogado de corrupto é advogado de ladrão.

Advogados de corruptos seriam profissionais do crime?

O advogado do presidente Bolsonaro defendendo e escondendo ao Queiroz, não traduz boa coisa no âmbito da ética.

19/06/2020 por Por Raul Rodrigues

Temos visto pelo país inteiro, estado por estado, políticos sendo denunciados, investigados e até presos, muito embora em sua grande maioria, depois se transforme em prisão domiciliar, e até soltos ao arrepio das opiniões de juristas e da população em peso. Mas todos eles conseguem de pronto um advogado.

Em sua definição de profissional, advogado é aquele que após prestar e passar no exame da ordem torna-se apto para defender aos seus clientes sejam eles quais forem. Todavia me intriga saber que o advogado contratado sabe que o cliente pode ser inocente ou culpado. Porém, nos crimes de corrupção fico mais intrigado ainda. Defender ladrão do povo?

Segundo a visão profissional do ramo, o advogado tem a obrigação de defender ao cliente para que este seja absolvido ou pegue no mínimo a pena mínima. E é esta a explicação e premissa que justifica o profissional do direito aceitar defender um corrupto envolvido em “trocentos” processos de desvio de condutas. Ter direito ao advogado é uma prerrogativa da Lei, e por força de Lei também, ninguém pode ser julgado desacompanhado de um advogado. Neste viés entendo que a lei usa da sua legitimidade para não condenar a ninguém sem o legitimo direito de defesa.

Mas cá entre nós, o advogado de determinados corruptos reconhecidamente contumazes, me parece sobreviver das sobras do crime. E quando o crime é grande, maior ainda a parte que cabe ao advogado. E neste caso, parece-me ser o advogado uma espécie de cumplice indireto do crime. A defesa de um corrupto nunca será vista do ponto de vista dos leigos como sendo uma efetiva ação profissional.

Já para os entendidos da lei dizem se tratar do livre exercício profissional. Como cabe a cada um, o direito de pensar e opinar continuarei pensando e opinando que direito deve ter quem direito anda.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: advogados corruptos seriam profissionais do crime?