'Não vamos fechar o país'

'Não vamos fechar o país', diz Trump sobre possível segunda onda do novo coronavírus nos EUA

Presidente dos EUA visitou fábrica no Michigan, estado dividido entre favoráveis e contrários às medidas de isolamento para conter a Covid-19.

22/05/2020 por Redação

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (21) que não pretende "fechar o país" caso ocorra uma segunda onda da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. No lugar, o republicano afirmou que vai mitigar os efeitos da pandemia.

"Vamos apagar os incêndios. Nós não vamos fechar o país", disse Trump.
Os Estados Unidos ainda são o país mais afetado pela pandemia de Covid-19, com mais de 1,5 milhões de casos confirmados e mais de 93 mil mortes por causa da doença, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Em discurso numa fábrica na periferia de Detroit, no Michigan, Trump reforçou que o país deve começar a reabrir as atividades. Todos os estados, em maior ou menor grau, iniciaram processos de reabertura.

"Nós podemos apagar o fogo. Seja uma brasa ou uma chama, nós vamos apagar. Mas não vamos fechar o nosso país", repetiu, segundo a rede NBC.
Michigan e eleições

O estado do Michigan, onde Trump esteve nesta quinta, registrou protestos contrários às medidas de isolamento. Manifestantes armados chegaram a invadir o Congresso local para pedir a reabertura, no fim de abril.

Com forte presença industrial, o Michigan é um dos estados chave para as eleições dos EUA marcadas para novembro deste ano. Em 2016, Trump venceu por lá após anos de vitórias democratas. No entanto, pesquisas mostram o democrata Joe Biden à frente do atual presidente, segundo o site RealClear Politics.


Fonte: g1.globo.com

Tags: 'não vamos fechar o país' - diz trump sobre possível segunda onda do novo coronavírus nos eua