Será que a oposição vai reconhecer?

Hospital de campanha é inaugurado em Maceió com 150 leitos para pacientes com Covid-19

Atendimento será exclusivo para pacientes encaminhados por outras unidades de saúde.

22/05/2020 por Redação

O governo do estado inaugurou o Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares montado no Centro de Convenções, em Jaraguá, Maceió. A unidade, que já começa a funcionar nesta sexta-feira (22), foi entregue com 150 leitos clínicos e vai funcionar de forma temporária para atendimento de pacientes em tratamento da Covid-19.

Em entrevista coletiva durante a inauguração, o secretário da Saúde, Alexandre Ayres, reforçou que o hospital será "portas fechadas", ou seja, para ter acesso ao atendimento no hospital de campanha, o cidadão deverá ser encaminhado por uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), posto de saúde ou ainda pelas Centrais de Triagem.

"Não é um hospital que vai ter um pronto atendimento. É um hospital porta fechada e ele vai receber paciente regular. Sempre a critério médico, essa internação será requisitada à nossa regulação e aqui nós teremos esses leitos disponibilizados para que os pacientes sejam transferidos para cá", disse Ayres.

O hospital de campanha conta com uma equipe de saúde formada por mais de 400 profissionais incluindo médicos, fisioterapeutas, biomédicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, técnicos de laboratório e enfermagem, que se revezarão em turnos, oferecendo cuidados clínicos 24 horas por dia aos pacientes internados.

O governador Renan Filho reforçou que a quantidade de leitos pode não ser suficiente caso as pessoas insistam em não obedecer as medidas de restrição.

"Vocês vão ver, nos próximos dias ele [o hospital de campanha] estará ocupado e a gente precisa que o cidadão colabore, que o cidadão fique em casa, que não se contamine nesse momento de alta pandemia. Se todo mundo se contaminar ao mesmo tempo, isso não será suficiente", concluiu o governador.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de estado da Saúde (Sesau), dos 705 leitos criados para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação do novo coronavírus, 70% deles estão ocupados.

O nome do hospital de campanha homenageia o médico infectologista alagoano Celso Tavares, que faleceu em fevereiro deste ano.


Fonte: G1 AL

Tags: hospital de campanha é inaugurado em maceió com 150 leitos para pacientes com covid-19

Galeria de fotos