Rússia violou repetidamente os termos

EUA ameaçam sair de tratado de vigilância aérea

Governo americano alega que a Rússia violou repetidamente os termos do acordo que permite voos desarmados. Tratado envolve 35 países.

22/05/2020 por Redação

Os Estados Unidos anunciaram sua intenção de se retirar do tratado que permite voos desarmados de vigilância aérea sobre os 35 países participantes do acordo, segundo a agência Reuters. O governo americano alega que a Rússia violou repetidamente os termos do acordo.

O país deve sair do tratado de “Open Skies” formalmente em seis meses, como preveem os termos de retirada. Esse acordo foi proposto pelo presidente americano Dwight Eisenhower, em 1955. Ele foi assinado em 1992 e entrou em vigor em 2002.

As autoridades, que falaram sob condição de anonimato a um pequeno grupo de repórteres, disseram que a decisão foi tomada após uma revisão de seis meses que encontrou vários casos de recusa russa em cumprir o acordo e de implementá-lo de maneiras que podem contribuir para ameaças militares contra os Estados Unidos e seus aliados.

Foi a medida mais recente do governo do presidente Donald Trump para remover os Estados Unidos de um grande tratado global. Em 2019, os Estados Unidos deixaram o Tratado das Forças Nucleares de alcance intermediário com a Rússia. Em 2018, abandonaram o Acordo Nuclear com o Irã e potências europeias. Em 2017, EUA deixaram o Acordo Climático de Paris.


Fonte: g1.globo.com

Tags: eua ameaçam sair de tratado de vigilância aérea