Dr. Alcides foi médico sanitarista para Penedo

Alcides dos Santos Andrade um símbolo da política penedense e alagoana

As suas maiores obras foram na área da saúde, SAMDU e pavimentações de ruas com meio fio e linha d'água, ale´m da austeridade com as contas da prefeitura.

17/03/2020 por Por Raul Rodrigues

Nascido em Amargosa, cidade do interior baiano pertencente à microrregião de Jequié, sendo o sétimo filho dos onze de um próspero casal de fazendeiros, foi estudar em Salvador na década de 1930 em Colégio Salesiano de onde foi aluno até o ingresso na Faculdade de Farmácia onde se formou na década de 40 e depois cursou a Faculdade de Medicina na mais antiga faculdade de medicina do Brasil.

Depois de formado, visitou a cidade do Penedo-AL, ainda na década de 40 em companhia do seu amigo do curso de farmácia, Francisco Moraes, Chico Moraes, que o convidou para voltar para Penedo, e aí, já formado em Medicina recebe à época o convite para substituir ao Dr. Anfrísio Freire Ribeiro, acometido de pneumonia que o levou a óbito.

Neste momento já casado com Rosete Andrade, de origem portuguesa, Dr. Alcides dos Santos Andrade recebe novamente o convite para desta feita permanecer em Penedo em caráter definitivo como médico do Instituto dos Marítimos, da Fábrica de Peixoto Gonçalves, da Fábrica Penedense lhe sendo ofertado por Chico Moraes, as primeiras condições de moradia para permanecer na cidade que reunia para Dona Rosete os ares da Europa.

Determinado a permanecer em Penedo, Dr. Alcides passa a então a militar na área médica, como médico parteiro – o obstetra de hoje – tornando-se uma espécie de amigo das famílias penedenses, o que o levou a ser reverenciado com o cargo de prefeito em 1950 – mandato 1952 a 1955 – sendo assim transformado no maior representante político da classe operária, origem da sua entrada na política pelos operários da Fábrica Penedense, situada no bairro reconhecido até os dias atuais como bairro Vermelho. Alcides foi o maior construtor de obras públicas naquele bairro.

Em 1970 atendendo ao chamamento do povo, Dr. Alcides decide novamente concorrer ao cargo de prefeito vindo a ser eleito por maioria esmagadora dos votos. Austero administrador é ainda hoje uma referencia de honestidade e probidade na política penedense.

Dr. Alcides foi também eleito deputado estadual para o mandato de 1978 a 1982, vindo a se transformar em um símbolo da resistência aos encantos prometidos pelo então governador Divaldo Surugy, que sempre disse; “Feliz da cidade que tem dois líderes da estirpe de Raimundo Marinho e Alcides Andrade”!

Dr. Alcides dos Santos Andrade, morreu em Maceió vindo a ser sepultado em Penedo, deixando um legado para filhos e netos, amigos e até adversários políticos imbatível nos últimos setenta anos da política penedense. 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: alcides dos santos andrade um símbolo da política penedense e alagoana