Esses países têm dados que nos preocupam

Brasil inclui sete países na lista de suspeitos para coronavírus

Estamos vendo uma expansão fora do território chinês, mas ainda pequena

22/02/2020 por Natália Cancian

O Ministério da Saúde decidiu alterar os critérios que devem ser usados pela rede de saúde para definição de casos de suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

Até então, a definição incluía apenas os casos de pacientes que apresentavam febre e outros sintomas respiratórios, além de histórico de viagens à China em até 14 dias antes do início dos sintomas.

A partir desta sexta (21), o ministério passará a enquadrar também nessa definição casos de pessoas com sintomas e histórico de viagens dentro desse período a outros sete países e territórios: Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Vietnã, Tailândia e Camboja.

A mudança ocorre devido ao aumento de no número de novos casos fora da China e à chegada do Carnaval, quando há maior vinda de turistas ao país. Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam 76.769 casos confirmados do novo coronavírus no mundo até o momento. Destes, 98,4% ocorreram na China.

Japão, Coreia do Sul e Singapura registram maior número de casos fora da China e têm registrado aumento nos registros. Recentemente, a OMS instituiu quarentena para 9.000 pessoas na Coreia do Sul.

“Esses países têm dados que nos preocupam. A partir de agora, as pessoas que apresentarem sintomas e vierem desses países [em até 14 dias antes] também devem ser consideradas como casos suspeitos”, afirma o secretário-executivo da pasta, João Gabbardo dos Reis. Os demais foram incluídos por estarem em área de risco considerado elevado.

O secretário de vigilância em saúde, Wanderson Oliveira, afirma que as mudanças ocorrem para aumentar a atenção da rede de saúde diante de possíveis infectados. Caso haja interrupção na expansão da doença fora da China, o critério poderá ser revisto.

“Estamos vendo uma expansão fora do território chinês, mas ainda pequena. Essa orientação é mais para que as pessoas possam se prevenir, uma vez que não há medicamento e vacina, e os profissionais identificarem os casos para melhor tratamento”, diz.

O Brasil não tem casos confirmados de infecção por coronavírus.

Leia mais sobre coronavírus em Mercado, na pág. 14


Fonte: Folha de S.Paulo

Tags: brasil inclui sete países na lista de suspeitos para coronavírus