Falou do desejo sexual que tinha por crianças

Instrutor de academia é preso por compartilhar pornografia infantil na internet

Suspeito foi identificado após conversar com uma baiana e aliciar a filha menor dela

21/02/2020 por Thiago Gomes

Um instrutor de academia, de 30 anos, foi preso, no bairro da Serraria, em Maceió, pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), por aliciar crianças sexualmente e compartilhar imagens e vídeos contendo pornografia infantil. A prisão dele foi divulgada na manhã desta sexta-feira (21).

De acordo com a Polícia Civil, o alagoano foi identificado após uma das vítimas, do estado da Bahia, ter procurado a delegacia de lá para denunciá-lo. O caso foi comunicado à equipe local para que as providências fossem tomadas.

O suspeito havia entrado em uma transmissão ao vivo numa rede social e iniciou um diálogo no privado com uma mulher que tinha uma filha de 8 anos de idade. Segundo a DEIC, ele rapidamente demonstrou interesse na menina e, durante a conversa, falou do desejo sexual que tinha por crianças e enviou imagens de menores sendo estuprados por adultos.

Policiais rastrearam o instrutor pelas redes sociais e conseguiram prendê-lo nessa quinta-feira (20). Na delegacia, conforme a DEIC, ele alegou passar por problemas psiquiátricos e confirmou ser o proprietário do telefone utilizado e o responsável pelo envio das imagens. No entanto, negou que fosse ele o autor dos estupros compartilhados e declarou que conseguiu o material na internet.

De acordo com a polícia, o profissional responderá pelo crime de envio de material de sexo explícito envolvendo crianças ou adolescentes, cuja pena prevista é de três a seis anos de reclusão. Ele também responderá por armazenamento deste tipo de material no celular e no computador. A pena aplicada é semelhante.


Fonte: Portal Gazetaweb.com

Tags: instrutor de academia é preso por compartilhar pornografia infantil na internet