Pensar ter votos não significa tê-los

Prefeito Március Beltrão aperta correligionários ao não cumprir antigos compromissos

Todos têm um dia de PODER. Hoje pode ser o seu dia de PODER, amanhã será do OUTRO.

28/11/2019 por Por Raul Rodrigues

O prefeito de Penedo-AL, Március Beltrão começa muito mal a sua “construção” de apoios a quem indicar para as eleições de 2020. Tanto para prefeito, quanto para vereador. A saga dos compromissos não cumpridos – e por isso, compridos ao longo do tempo – pois desde a aprovação da Previdência Própria que Beltrão dribla mais que Garrincha aos seus aliados, vem fazendo imprensar a aliados deixando-os duvidosos sobre o caminho ou descaminho das eleições municipais.

Március Beltrão não cumpriu o que prometeu aos senhores vereadores pela votação da aprovação do RPPS – a previdência própria – jogando dentro do caldeirão da fervura a votação da Reforma Administrativa e agora cobrando apoios aos seus candidatos em 2020.

E qual o risco de tamanhos desafios? A debandada que pode sim acontecer dos seus “apoiadores” aos seus “apoiados”! E isto é fato. E como perceber tais fatos? Basta olhar nas faces de quem tira fotos e mais fotos com o vice-prefeito de Penedo, e o depois das conversas de insatisfação dos mesmos. Todos, sem exceção, dizem a mesma coisa: “tá pensando que eu sou besta”?! A resposta vem aí.

MB pensa que seu candidato tem o seu jeito ou trejeito de fazer política. São exatamente opostos. Um rir abraça e beija mesmo sabendo do que fez com a pessoa. O outro sequer sabe abraçar e beijar aos leitores, pois tem plena consciência que nunca fez nada por ninguém. Ah! Perdão. Fez sim. Sempre fez Mártires. Mártires, aqueles se sacrificam pelo povo ou país em tempos de guerra.

Haveria então algo de desconexo com o descrito acima? Não! É a tomografia computadorizada da grande confissão de quem se sente dono dos votos de Penedo.

A roda gigante da vida girou e alguém não percebeu. 
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: prefeito március beltrão aperta correligionários ao não cumprir antigos compromissos