Zonas de risco

Mutange e Bebedouro: JHC garante, já para segunda (25), saque do FGTS aos moradores das zonas de risco

Este benefício é para os moradores que tenham saldo disponível em suas contas vinculadas do FGTS e que sejam residentes nas zonas dos bairros Bebedouro e Mutange

21/11/2019 por Blog do Tinho

O deputado federal JHC(PSB/AL), autor da Comissão Externa do Afundamento dos Solos em Maceió, conseguiu garantir e confirmar, na manhã de hoje (20), junto a Caixa Econômica Federal em Brasília, a liberação dos saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os moradores dos bairros do Mutange e Bebedouro.

JHC fez o anúncio e destacou valores e o quantitativo de beneficiados, “pessoal, conseguimos uma vitória: a liberação do FGTS do Mutange e Bebedouro pela Caixa Econômica Federal que se dará já a partir da próxima segunda. Serão ao todo 993 beneficiados que poderão fazer o saque até o limite de R$ 6.020,00, mais informações na @comissaoexternademaceio”, afirmou.

Vitória semelhante, em razão também da decisão em tutela de urgência decorrente da Ação Civil Pública de nº 0804374-42.2019.4.05.8000, que tramita na 3ª Vara da Justiça Federal em Alagoas, com relação ao direito e a liberação do saque ao FGTS, foi compartilhada por JHC ainda no meio do ano, com relação aos moradores e trabalhadores do bairro do Pinheiro.

Este benefício é para os moradores que tenham saldo disponível em suas contas vinculadas do FGTS e que sejam residentes nas zonas dos bairros Bebedouro e Mutange, delimitadas no mapa divulgado pela Defesa Civil, assim como ocorreu no bairro do Pinheiro.

O trabalhador deverá apresentar nas agências da Caixa os documentos necessários para solicitar a liberação. “O valor do FGTS poderá ser creditado nas contas dos trabalhadores correntistas da agência ou sacado em qualquer agência, no prazo de cinco dias”.

A documentação necessária para a solicitação é a Carteira de Identidade (também são aceitos carteira de habilitação, passaporte e novo modelo da Carteira do Trabalho), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS – Páginas de identificação, contratos de trabalho e anotações gerais), cópia do comprovante de residência em nome do trabalhador (conta de luz, água ou outro documento recebido via correio), Cartão do Cidadão (opcional) e cartão ou o número da conta na Caixa, para facilitar o crédito, caso possua.

CONSULTA

Para o trabalhador consultar o saldo do FGTS, a Caixa disponibiliza o APP FGTS – o download  do aplicativo pode ser feito nas principais lojas: Apple Store e Google Play, ou ainda no próprio site da Caixa (www.caixa.gov.br).


Fonte: CadaMinuto.com.br

Tags: mutange e bebedouro: jhc garante - já para segunda (25) - saque do fgts aos moradores das zonas de risco