Pronunciamento de Maduro

Oposição na Venezuela é pior que Bolsonaro, diz Maduro

Em entrevista à Folha, ditador do país fala de paz, mas também de forças preparadas para a guerra

17/09/2019 por Mônica Bergamo

Nicolás Maduro quer “falar de paz”. “Eu sou cristão, praticante. Estou convencido de que aqui vai triunfar a paz frente às ameaças e às loucuras da ultradireita, de [Jair] Bolsonaro, de [Donald] Trump e de toda essa gente.”

Em Caracas, na última sexta (13), o ditador da Venezuela também falou de guerra. “O mundo não deve esquecer que temos uma força armada profissional, armas e 3 milhões de homens e mulheres na milícia nacional.”

Em entrevista a Mônica Bergamo, Maduro usa o presidente brasileiro como parâmetro. “Nós temos uma oposição pior do que o Bolsonaro. À direita do Bolsonaro.” E que busca, segundo ele, “derrubar a revolução”.

Afirma que, se houvesse eleição hoje na Venezuela, ganharia por ampla maioria, porque o “povo está cansado da ultradireita”. Reconhece, no entanto, que a economia, sob sanções, está “golpeada, perseguida, torturada”.

“Por que buscar erros de um país torturado, perseguido? Quem sabe nosso único erro é não fazer mais para superar os efeitos do bloqueio”, diz Maduro, que decretou “fase de resistência” nas finanças.

caracas A entrevista da Folha com Nicolás Maduro estava marcada para as 17h de quinta (12). Um dia antes, porém, a OEA (Organização dos Estados Americanos) havia decidido convocar uma reunião para estudara ativação deumt ratado que pode levarà intervenção militar no país.

A agendado ditador caiu—uma marcha foi convocada,e ele parti upara discursara uma multidão.

Maduro vive dias frenéticos. Na sexta (13), a jornalista e a fotógrafa Marlene Bergamo tiveram que esperar seis horas até que ele participasse de mais um ato. À frente da Venezuela desde 2013, Maduro comanda o país em seu pior momento econômico. O preço do petróleo despencou. O desemprego aumentou. A inflação explodiu. O governo contém a degradação social com distribuição de cestas básicas.

Passou a ser definido como ditador também por personagens da esquerda, como José “Pepe” Mujica, ex-presidente do Uruguai. Maduro bate de volta. Quem diz que a Venezuela é ditadura é “um estúpido”. Até mesmo Mujica.


Fonte: pressreader.com - FSP

Tags: oposição na venezuela é pior que bolsonaro - diz maduro