Regulamentação de resíduos

SP aperta controle do lixo de empresas

O município passará a fazer a fiscalização eletrônica das companhias que são grandes geradoras de resíduos.

05/09/2019 por Laura Ignacio

Todas as 380 mil empresas do município de São Paulo, inclusive as micro, estão obrigadas por decreto da Prefeitura a se cadastrar na Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb). As que perderem o prazo, que termina dia 9, pagarão multa de R$ 1.639,60.

O município passará a fazer a fiscalização eletrônica das companhias que são grandes geradoras de resíduos. Suspeita-se que muitas delas — que produzem mais de 200 litros por dia e já seriam obrigadas a contratar um serviço privado de coleta — estejam utilizando o serviço público.

Entre as empresas, surgiu o receio da volta da taxa do lixo, instituída em 2002 pela então prefeita Marta Suplicy e depois revogada. Segundo a Prefeitura, não há estudos para a cobrança de uma nova taxa sobre o lixo produzido.


Fonte: pressreader.com - Valor Econômico

Tags: sp aperta controle do lixo de empresas