STF está mais queimada que carvão

Em ato alagoanos pedem o impeachment de Dias Tóffoli e o veto ao PL de abuso de autoridade

Lei do abuso de autoridade tira a autoridade da autoridade.

26/08/2019 por Gabriela Flores e Daniel Paulino*

O corredor Vera Arruda, localizado no bairro de Jatiúca foi tomado na manhã desde domingo, dia 25, por manifestantes que tiveram como pauta as críticas ao Projeto de Lei de abuso de autoridade, o impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Tóffoli, e o apoio à escolha do procurador Deltan Dallagnol para o cargo de procurador-geral da República.

Em entrevista ao Cada Minuto, Leonardo Dias, um dos organizadores do evento e integrante do Movimento Brasil (MBR) em Alagoas, disse que una das principais pautas da manifestação é pedir ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), que vete toda lei de abuso de autoridade, pois se trata de um revanchismo feito pelo legislativo contra a operação Lava Jato. "Entendemos que deve haver uma lei de abuso de autoridade, mas que passa longe desse texto formatado   e que deve ser discutida de maneira isenta sem o caráter de revanche, como foi feito", explicou Leonardo.

Ainda segundo o integrante do MBL, uma outra pauta muito importante é que o senado desarquive os pedidos de impeachment dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF),  Gilmar Mendes e Dias Tóffoli.

"Queremos que os pedidos sejam desarquivados, sejam colocados em pauta e que deliberem sobre eles, temos esses dois pedidos em andamento e eles são as nossas prioridades".

Questionado sobre a expectativa de público para o ato o organizador afirmou que "a expectativa é que tenhamos duas ou mais pessoas, para cada dia que o Lula já cumpriu na cadeia".

O funcionário público André Costa comentou que este é o momento da população mostrar que “a velha política do desmando, onde o povo era tratado feito gado acabou, acabou o assistencialismo, precisamos de fato, arregaçar as mangas e construir um novo país”.

Além de 79 capitais brasileiras, as mobilizações aconteceram também em cidades do exterior, como Boston, nos Estados Unidos, e Lisboa, em Portugal.

Entre os grupos que capitanearam os atos estão a Aliança Brasil, Avança Brasil, Brasil Nas Ruas, Vem Pra Rua e Organização Nacional dos Movimentos (ONM).


Fonte: cadaminuto.com.br

Tags: em ato alagoanos pedem o impeachment de dias tóffoli e o veto ao pl de abuso de autoridade

Galeria de fotos