Policial

Polícia apreende carros de família após menino sumir misteriosamente em SP

Gabriel Lopes Coutinho, de 8 anos, está desaparecido há cinco dias em Registro, no interior paulista. Helicóptero Águia, da Polícia Militar, reforçará os trabalhos.

16/08/2019 por Por G1 Santos

Equipes das polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros iniciam, nesta sexta-feira (16), o quinto dia de buscas ao garoto Gabriel Lopes Coutinho, de oito anos, desaparecido desde domingo (11), em Registro, no interior de São Paulo. Até agora, a única pista sobre o menino foi o chinelo encontrado em uma área de mata. O helicóptero Águia da polícia deverá reforçar os trabalhos.

Gabriel desapareceu no bairro Vila Ouro após sair para brincar com amigos, próximo de casa, por volta das 16h de domingo. Ele foi orientado a retornar em uma hora, mas, desde então, não foi mais localizado. A partir daí, vizinhos e familiares passaram a fazer buscas.

Um boletim de ocorrência foi registrado no 2º Distrito Policial e um inquérito instaurado na Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Desde terça-feira (13), as autoridades fazem buscas em uma área de mata fechada, com o apoio do Corpo de Bombeiros.

Ao longo de toda a quinta-feira (15), as equipes utilizaram um drone para mapear áreas de mata e rios. "Ainda não descartamos a possibilidade de encontrarmos pistas neste local", explicou o Tenente Thiago Yoshioka.

Nesta sexta, as buscas serão reiniciadas. As equipes deverão fazer buscas detalhadas em poços artesanais abandonados e, caso as condições climatológicas permitam, o helicóptero Águia da Polícia Militar fará um sobrevoo na região.

Investigações e sumiço

Dois veículos foram apreendidos pela Polícia Civil para perícia, sendo um deles do padrasto de Gabriel. Ele não estava na cidade por trabalhar fora e foi ouvido pela polícia. O outro ainda está no Instituto de Criminalística (IC). "São veículos que estiveram na residência na data que ele desapareceu. Por cautela, e por interesse das investigações, estão sendo periciados", explicou Marcelo Freitas, titular da DIG.

Ao longo da semana, as investigações cogitaram a hipótese de Gabriel ter caído em um poço, e encontraram roupas e uma rabiola de pipa em área de mata. Na quarta, durante as buscas com cães farejadores, um chinelo e uma pipa foram localizados.

Eles foram reconhecidos por Luciana Custódio, de 37 anos, mãe do menino, como sendo dele. "É muito cansativo para mim, mas eu continuo acompanhando as buscas. Tenho fé em Deus que meu filho vai ser encontrado", desabafou.


Fonte: https://g1.globo.com

Tags: polícia apreende carros de família após menino sumir misteriosamente em sp