Esportes

Lembra deles? Veja por onde andam os jogadores da troca "5 por 1" entre Palmeiras e Grêmio

Recusa de Marcelo Moreno fez Verdão receber apenas quatro atletas por empréstimo

14/08/2019 por Por GloboEsporte.com — São Paulo

Rivais no Campeonato Brasileiro e na Libertadores nas próximas semanas, Palmeiras e Grêmio protagonizaram em 2013 uma negociação pouco comum entre os clubes brasileiros. Pela contratação de Hernán Barcos, os gaúchos cederam quatro atletas por empréstimo ao Verdão: o zagueiro Vilson, o meia Rondinelly, o volante Léo Gago e o atacante Leandro.

O acordo inicial previa no pacote gremista mais um atleta para o Verdão, mas o atacante Marcelo Moreno optou na ocasião por permanecer no clube gaúcho, com direito até a declarações polêmicas do pai do atleta na época.

– Temos um acordo que nos dá segurança em algumas outras situações. Na primeira opção, caso um dos cinco não aceite (a proposta do Palmeiras), temos outras opções de nomes. Se ainda não der certo, temos a opção de receber uma compensação financeira – disse José Carlos Brunoro, dirigente do Palmeiras na ocasião.

Brunoro tinha sido escolhido por Paulo Nobre para comandar o futebol palmeirense pouco antes. O presidente estava iniciando sua gestão havia menos de um mês, quando herdou um clube em grave situação financeira.

Na negociação, os gremistas pagaram R$ 4 milhões e assumiram duas dívidas dos palmeirenses: uma com a LDU, no valor de R$ 1,5 milhão, e outra com Barcos, no valor de R$ 1,3 milhão. O Verdão nunca recebeu o quinto jogador, mas ficou com 15% da transferência de Marcelo Moreno para o Changchun Yatai, da China.

Relembre a passagem dos jogadores pelo Verdão e por onde estão atualmente:

Hernán Barcos

Principal destaque do time palmeirense em 2012, quando conquistou a Copa do Brasil no time comandado por Felipão, Barcos rodou o mundo depois de se transferir para o Grêmio. Passou por China, Portugal, Argentina e Equador antes de retornar ao Brasil, no ano passado.

Com a camisa do Cruzeiro, o argentino venceu a Copa do Brasil de 2018, com direito a dois gols marcados contra o Verdão nas semifinais. Atualmente ele defende o Atlético Nacional, da Colômbia.

Leandro

Quem teve mais destaque com a camisa palmeirense foi Leandro. Tanto que o clube investiu, com ajuda de Paulo Nobre, R$ 8 milhões na compra de 64% dos direitos econômicos em janeiro de 2014.

Na temporada anterior, o atacante havia sido o artilheiro da equipe, com 19 gols, quando até foi convocado para um amistoso da seleção brasileira contra a Bolívia (e fez um gol!).

A sequência de Leandro no Verdão, porém, não teve o mesmo destaque. Depois de ser emprestado para Santos, Coritiba e Kashima Antlers, foi negociado em definitivo com o clube japonês no fim de 2017. Ele jogou 82 partidas* pelo clube e marcou 22 gols.

Vilson

Atualmente dirigente do Corinthians, Vilson atuou pelo Palmeiras somente na temporada de 2013. Utilizado como zagueiro e volante, chegou a marcar um gol com a camisa alviverde em um Dérbi.

No total, foram 32 jogos* e seis gols marcados. Foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro.

Quando ainda era do Verdão, ele passou a conviver com problemas no joelho esquerdo. Passou também por Ponte, Cruzeiro, Chapecoense e Corinthians, onde hoje exerce função de gerente de futebol.

Léo Gago

Volante com bom poder de finalização, Léo Gago passou por diversos clubes como Vasco, Coritiba, Bahia, Paraná, Fortaleza, entre outros. Em 2019, atuou na Série B do Campeonato Catarinense pelo Guarani de Palhoça.

No Verdão, ele não foi utilizado com muita frequência por Gilson Kleina. Foram apenas 13 partidas* e um gol marcado.

Rondinelly

Apontado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo como uma promessa para o futuro, Rondinelly teve poucas oportunidades no Palmeiras: entrou em campo apenas três vezes, nenhuma como titular, e sem nenhum gol marcado.

Além do Grêmio, atuou também por Luverdense, Portuguesa, Grêmio Osasco, Macaé, Londrina, Botafogo-SP e defende o Guarani desde 2018.

*Números do site "O Gol"


Fonte: https://globoesporte.globo.com

Tags: lembra deles? veja por onde andam os jogadores da troca "5 por 1" entre palmeiras e grêmio