Policial

Justiça do DF erra endereço e entrega mandado de prisão de mulher em presídio masculino

Documento contra Janaína Maria Rocha foi mandado para Papuda, mas presa está na Colmeia. Mulher é apontada como responsável pela morte do marido, dono de sorveteria.

08/08/2019 por Por Gabriel Luiz, TV Globo

A Justiça do Distrito Federal errou de endereço e entregou um mandado de prisão contra uma mulher condenada por homicídio em um presídio masculino, ao invés de deixar em mãos na penitenciária feminina onde ela já estava presa.

O mandado contra Janaína Maria Rocha foi endereçado ao Complexo da Papuda, em São Sebastião. No entanto, ela está detida na única penitenciária do DF que abriga mulheres, a Colmeia – localizada no Gama.

O G1 procurou o TJ para comentar o assunto. O órgão, no entanto, afirmou que não vai se pronunciar.

Janaína foi apontada como responsável pela morte do ex-marido, o empresário Lessandro Vilela Borba, de 38 anos, dono de uma sorveteria. O crime ocorreu no Recanto das Emas, em 10 de julho de 2017.

Na terça-feira (6), uma servidora do TJ precisou explicar a confusão, que exigiu a expedição de outro mandado de prisão, desta vez para o endereço correto.

"Certifico e dou fé que, nesta data, juntei aos autos os mandados de entrega das recomendações de prisão dos acusados, cumpridos, à exceção daquele referente à acusada Janaína, que, conquanto endereçado à PFDF [Penitenciária Feminina do DF], tentou ser cumprido na Papuda e, ato contínuo, foi devolvido, exigindo a expedição de novo mandado por parte desta secretaria."

A entrega do mandado de prisão à cadeia foi necessária após a condenação pela Justiça. Com a medida, a pessoa deixa de ser considerada em prisão preventiva e passa a cumprir pena oficialmente, como consequência da sentença judicial.

No processo, consta que dois homens também foram condenados pelo assassinato do empresário. Eles cumprem pena na Papuda.


Fonte: https://g1.globo.com

Tags: justiça do df erra endereço e entrega mandado de prisão de mulher em presídio masculino