Nem Beltrão nem Toledo priorizaram a área

Rua dos Banheiros: abandono das gestões do município!

O abandono gera a invasão. Toda invasão é nociva.

27/07/2019 por Por Raul Rodrigues

A Rua dos Banheiros como vulgarmente foi e é conhecida pelos penedenses, localizada nas proximidades da Prefeitura da cidade, antigo sonho da revitalização do Dr. Francisco Sales como parte de uma possível área da culinária regional servindo café da manha popular com cuscuz de milho e arroz, tapioca e as iguarias da zona rural, Inhame e Macaxeira, com café coado na hora, servido em bule de ágata, aos moldes dos anos 50/60 é hoje o símbolo do abandono por parte da administração municipal.

Local de antigos banhos da juventude moradora das ruas adjacentes, conhecida como o local para se saltar em pé ou de cabeça das maiores alturas em Penedo em sentido e direção às aguas do rio São Francisco, a conhecida Pedra da Pinheira e o Chiqueiro – criatório de porcos de moradores vizinhos, a Rua dos Banheiros se transformou em antro de usuários de drogas pelas condições naturais de “esconderijo”, em situação de abandono por parte do poder público.

Quem sofre? O morador vizinho com o temor imposto pelos dependentes químicos que se utilizam daquela localidade abandonada pelas autoridades policiais e também pela recém-criada Guarda Patrimonial. Os moradores tentam se proteger por meio de cercas elétricas ou de características cortante contundente, pois pela segurança pública encontram-se abandonados.

Além de se transformar em deposito de lixo da vizinhança que de forma irresponsável geram ambiente ideal para a proliferação de vetores transmissores de doenças. Ratos, lagartos, baratas, escorpiões dentre outros até os mosquitos causadores de doenças fatais.

O lixo é produzido pela população vizinha, mas as demais denúncias miram o poder público.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: rua dos banheiros: abandono das gestões do município!