Feminicídio

Namorado confessa ter estrangulado técnica de enfermagem achada morta em casa, diz polícia

Kelly Christina Parreira, de 35 anos, foi encontrada morta em casa pela mãe, em Sorocaba. Ele estava desaparecido desde o dia do crime.

10/07/2019 por Redação

O namorado da técnica de enfermagem Kelly Christina Parreira, de 40 anos, encontrada morta em Sorocaba (SP), confessou à Polícia Civil nesta quarta-feira (10) que estrangulou a vítima por ciúme.

De acordo com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Alisson Raszejas foi localizado depois de ter sido visto descendo de um ônibus, em Itapetininga (SP). Segundo a delegada Luciane Bachir, ele teve a prisão temporária decretada e foi indiciado formalmente.

Na mala que o homem carregava, segundo a PM, foram encontradas roupas e alguns remédios de uso controlado para depressão, além de um documento e dois cartões no nome da vítima.

O corpo de Kelly foi encontrado pela mãe dela em um condomínio localizado no Jardim Tropical, na última quinta-feira (4). A mulher, que apresentava lesões no pescoço, havia se mudado para a residência com o namorado há pouco tempo.

Morta em casa
A vítima foi achada após ficar dois dias sem atender ligações da família, que mora em Itapetininga (SP). A situação preocupou a mãe, que foi até a casa dela, em um condomínio na zona oeste de Sorocaba.

Ainda de acordo com a delegada, a primeira pessoa a encontrar a vítima sem vida foi a mãe. Kelly estava deitada na cama, com lesões no pescoço e o corpo parcialmente coberto. A janela do cômodo estava encostada.

Segundo Bachir, Kelly chegou a contar para parentes e amigos que era agredida pelo companheiro.

De acordo com a família, o casal estava junto há cerca de um ano e, aparentemente, os dois mantinham um relacionamento tranquilo.

A investigação aguarda os laudos do Instituto Médico Legal e do Instituto de Criminalística sobre o caso. A DIG também pediu um exame toxicológico que irá identificar se havia alguma substância no sangue. Uma carta foi recolhida na cena do crime e também passa por perícia.

O enterro foi realizado no dia 6 de julho em um cemitério particular de Itapetininga. Amigos e parentes participaram da cerimônia.


Fonte: G1 Sorocaba e Jundiaí

Tags: namorado confessa ter estrangulado técnica de enfermagem achada morta em casa - diz polícia

Galeria de fotos