epidemia de dengue, zika e chicungunha

Penedo decreta situação de emergência devido a infestação de Aedes aegypti

Mutirões vem sendo realizados pelo município afim de combater a infestação do mosquito

09/07/2019 por Redação

O município de Penedo, na região do Baixo São Francisco, está em situação de emergência decretada pela prefeitura da localidade, devido ao aumento na infestação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. Para tentar eliminar os focos do mosquito transmissor e conter o avanço das doenças, que já somam 295 casos notificados, as Secretarias de Saúde e de Serviço Público locais têm realizado mutirões pela cidade. Nesta quarta-feira (10), a ação acontecerá no bairro Senhor do Bonfim.

Na tentativa de atingir o maior número de residências, na busca pelos focos do mosquito, a prefeitura, segundo informações da assessoria de comunicação, irá identificar as casas e terrenos baldios para notificação e adotar medidas asseguradas pelo Código de Postura e Tributos do município. A prefeitura também criou e disponibilizou o "ZapDengue" pelo número 99837-3106, através do qual a população pode denunciar locais que estejam servindo para a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Os mutirões devem prosseguir durante este mês de julho, conforme a Coordenação de Vigilância Sanitária do município, nos comunidadesd Raimundinho (dia 11); Centro Histórico (18); Cohab (24) e Santa Isabel (25). A primeira ação ocorreu no último dia 31, no povoado Palmeira Alta.

A coordenadora de Vigilância em Saúde do município, Alessandra Tenório, destacou que o decreto municipal que declara situação de emergência está amparado em Nota Informativa da SESAU/SUVISA, que aponta o estado de alerta epidêmico do território municipal. Ela ressaltou ainda os cuidados que as pessoas devem ter em suas próprias casas, no combate à proliferação do mosquito.


Fonte: gazetaweb.globo.com - Ascom Prefeitura

Tags: penedo decreta situação de emergência devido a infestação de aedes aegypti