Polícia Federal em Alagoas

Polícia Federal doa à Ufal produtos químicos apreendidos durante operação

Material recolhido durante ação será utilizado por universitários para fins acadêmicos

30/06/2019 por Redação


 


A superintendência da Polícia Federal em Alagoas informou nesta terça-feira (25) que doou para a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) diversos produtos químicos apreendidos durante a Operação Tríplice Aliança, deflagrada ainda no mês de maio. A ação prendeu acusados de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e assalto a banco em Maceió, e nas cidades de Arapiraca (AL) e Jaboatão dos Guararapes (PE).

De acordo com a Polícia Federal, os produtos químicos apreendidos, que seriam utilizados para o refinamento de drogas ilícitas, e que foram doados são 210 kg de cloro granulado concentrado, 82 litros de produtos químicos usados em limpeza de piscinas, 325 kg de sulfato de alumínio e 175 kg de soda cáustica.

Os acusados são suspeitos de  tráfico de droga, lavagem de dinheiro e assalto a banco. As investigações ainda estão em andamento em inquérito policial instaurado pelas equipes da Polícia Federal em Alagoas. As investigações ainda estão em inquérito policial em andamento. .

Segundo o representante da UFAL que recebeu a doação, os produtos serão utilizados para o tratamento das águas que integram o complexo esportivo da instituição. "A doação será benéfica ao Complexo Esportivo que atende à comunidade acadêmica e fomenta atividade de ensino, pesquisa e extensão".

De acordo com o Delegado de Polícia Federal Everton de Oliveira Manso, ao material apreendido na operação, será dada uma destinação útil para a sociedade acadêmica. "O material químico apreendido está doado à Universidade Federal de Alagoas para fins acadêmicos que, certamente, em conhecimento aos alunos daquela Instituição de Ensino Universitário e será convertido em benefício da sociedade".

*Com informações da assessoria da Polícia Federal de Alagoas

 


Fonte: Portal Gazetaweb.com*

Tags: polícia federal doa à ufal produtos apreendidos durante operação