Novos nomes com novas posturas

Por que convocar homens de bem para a política?

Os Pastores têm sido assediados por quem os abandonam depois.

06/06/2019 por Por Raul Rodrigues

É da própria leitura da fundamentação da política que se homens de bem não fizerem parte direta e indiretamente da política, apenas os maus nos governarão. E isto é milenar.

Assim sendo, e por assim entender é que a linha editorial do CPA e do programa de rádio maior audiência do baixo São Francisco, o Penedo Real, irá direcionar um editorial por semana na busca de que homens de bem entrem na seara da política para assim nos livrar dos maus políticos em mandatos. Não que só tenhamos maus políticos, mas atendendo ao preceito matemático de que no todos, parte dele é ruim, que nos livremos dos ruins identificados pelas ações e falas.

E é baseado neste principio de origem milenar que iremos insistir em novas candidaturas que tenham lastro – base eleitoral ou densidade eleitoral de partida – que iremos nos empenhar no convencimento para que pessoas com tais características entrem de uma vez por todas nas próximas campanhas. E estas pessoas escolhidas a dedo, reúnem tais condições por se tratarem de em outras oportunidades serem cooptados como “cabos eleitorais” e depois abandonados pelos maus políticos.

Começaremos nossa jornada de convencimento pelos senhores pastores das igrejas cujos fieis confiam a eles a suas vidas no encaminhamento quais ovelhas do seu rebanho, e porque então não encaminhá-los além do púlpito das igrejas para levar a palavra de Deus e seus posicionamentos para dentro da Casa de Leis?

A Câmara de Vereadores de Penedo precisa de novos nomes com novas posturas que não sejam as de demagogos e de falsos profetas. Por lá existem bons nomes, mas em sua totalidade NÃO!

É hora de mudanças!
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: por que convocar homens de bem para a política?