AS Reformas no Brasil têm custo.

O nível de confiança na política quando ferido gera novos embates.

Toda reforma na política no Brasil tem custo seja onde for. Brasília ou em qualquer município.

06/06/2019 por Por Raul Rodrigues
Presidente Marcelo Pereira aguarda decisão dos vereadores

A reforma administrativa que tramita na Câmara de Vereadores de Penedo-AL, vem trazendo à tona muitas ou várias insatisfações entre os senhores edis por conta de atrasos em acertos da votação da previdência própria. Isto é fato!

Sendo assim, os vereadores que votaram na previdência própria e que ainda não foram contemplados com os acertos vivem a colocar obstáculos na votação de aprovação da reforma administrativa. Não há outro motivo para que a reforma administrativa tenha sido aprovada. Se em Brasília a reforma da previdência ainda não foi aprovada não é por outra razão: é o toma lá-dá-cá!

E em Penedo a política não é diferente. Vereadores querem compromisso do passado ou novos compromissos para votar a reforma administrativa. Com uma diferença: a reforma administrativa é parte da atualização necessária da funcionalidade e operacionalização da própria grade dos servidores municipais em cargos e por categoria. E isto não é algo que possua duas opções.

Ou de atualizar e organizar a grade administrativa dos servidores agora, ou tudo terá que ser feito depois com grandes perdas para o próprio servidor na questão temporal da distância entre o hoje e o amanhã que ninguém sabe a data.
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: o nível de confiança na política quando ferido gera novos embates.