MPE de Alagoas deveria barrar tais candidaturas

Eleições para o Conselho Tutelar e uma população em XEQUE!

Candidaturas impróprias deveriam ser barradas já no MPE

29/05/2019 por Por Raul Rodrigues

As eleições para os cargos de Conselheiros Tutelares em Penedo terão um incremento a mais: se descartar dentre os nomes quem somente pensa no salário do cargo.

O Ministério Público Estadual já divulgou a lista dos candidatos incluindo quem tinha sido INDEFRIDO por falta de alguns documentos, assim supõe-se – mas não INDEFIRIU aos nomes que possivelmente não deveriam compor a lista: quem não cumpre com as suas obrigações nos dias de plantão ou de trabalho por escala levando atestados de impossibilidade de trabalho, quando na verdade exerce função na prefeitura de Brejo Grande-SE, concomitantemente. Ou seja: em mesmo dia e horário!

E também sobre nome que recai uma conduta inidônea para tal função. Tem candidato com registros na justiça e na polícia que não recomendam a sua inscrição para assumir o cargo de defensor das crianças e adolescentes em vias de risco e vulnerabilidade em suas vidas.

Assim sendo, a população penedense passa então a ter o dever de filtrar como seus repre4sentantes, nomes de pessoas que não preenchem os requisitos mínimos para serem sequer liberados para votação. Parece até os casos das eleições político-partidárias quando recorrentes corruptos são LIBERADOS a concorrerem aos cargos de deputado estadual, federal e senador.

Pobre povo brasileiro, alagoano e penedense.

Resumo: uma vergonha!


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: eleições para o conselho tutelar e uma população em xeque!