PDT em Penedo tenta sobreviver ao caos

Sob quais condições Ronaldo Lessa pode se candidatar a prefeito de Penedo?

Falou-se até em chapa puro-sangue com Lessa e Messias da Filó.

11/05/2019 por Por Raul Rodrgues

Este fato já foi discutido entre quatro paredes pelo núcleo rígido do PDT quando do lançamento do livro do escritor Ronaldo Lessa fez reunir na Casa de Aposentadoria na cidade dos sobrados das ruas estreitas e largas avenidas. Isto é fato. Talvez à época sem muita consistência, mas que se falou sobre o assunto, se falou.

Depois o tema foi adormecido, pois Lessa mirava mesmo era uma cadeira de Alagoas em Brasília, em sua reeleição para deputado federal. E isso poderia trazer sérias considerações naquele momento, podendo até implodir a votação de Ronaldo Lessa com duas candidaturas demonstrando falta de apreço para com os pedetistas de Penedo. A águia sabe que não pode mirar a dois coelhos ao mesmo tempo.

Mas passadas as eleições e com a derrota de Lessa para deputado federal, as coisas se invertem de e em interesses, e mais uma vez o assunto foi levantado, obedecendo a uma determinação do ex-governador: não ser mais candidato a cargo eletivo parlamentar. Ou executivo em Maceió, ou em Penedo! Em Maceió as portas estão bem mais fechadas por entre acordos e com colegas de partido como também, respeitando que na capital o cacife é bem mais alto. Ronaldo Lessa precisaria do apoio de várias autoridades; do governador Renan Filho ou de Rui Palmeira prefeito da cidade, e entre as lideranças do partido dentro do diretório estadual e municipal que também tentam brilhar.

Já Penedo precisaria apenas de dois fatores: da desistência de Ronaldo Lopes, inviabilizado pelas vozes das ruas – povo – e do apoio incondicional do prefeito Március Beltrão. O dinheiro para a campanha teria que ser viabilizado entre apostadores da politica. Com o currículo de Lessa não seria tão difícil conseguir. Sabendo o eleitor que depois a prefeitura teria que devolver via obras.

Sendo tais análises reestudadas dias atrás, concluímos que Március Beltrão pode tudo. Menos apoiar candidaturas kamikazes. Ronaldo Lessa ficou reticente ao não ser penedense da gema, mas foi incentivado pelo histórico dos últimos sessenta anos da política penedense. E o tempo como senhor da razão logo-logo trará novidades para cima ou para baixo. Para quem ainda não sabemos.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: em quais condições ronaldo lessa pode se candidatar a prefeito de penedo?