Reformas administrativas paradas

Rui e Renan Filho se encontram na mesma encruzilhada

Gestores querem mudanças nas máquinas administrativas, mas não fazem.

12/02/2019 por Ricardo Mota

Por caminhos diferentes, o governador Renan Filho e o prefeito Rui Palmeira chegaram à mesma encruzilhada. Ambos apontam para mudanças nas respectivas equipes, agora, com o objetivo de azeitar a máquina estadual e municipal. Mas, ao que parece, não conseguem sair do lugar.

O governador anunciou as modificações pretendidas ainda no ano passado, tão logo se encerrou o processo eleitoral. A ideia inicial, de reduzir a máquina e recompor as bases a partir do resultado das urnas, só haverá de ser alcançado em parte. A reforma administrativa morreu com as derrotas na Assembleia e no Senado.

Só que Renan Filho não consegue andar na direção da nova composição, sobre a qual muito se especula e pouco se sabe efetivamente. O governador, até agora, quase na metade do mês de fevereiro, só conversou com o deputado Marcelo Victor, que lhe impôs uma derrota avassaladora. No mais, todo mundo espera para ouvir qualquer coisa.

O que dizem os do entorno? Que Renan Filho busca ganhar tempo para montar um quebra-cabeça com peças que não se encaixam com o objetivo pretendido: otimizar o funcionamento da máquina estadual com os recursos disponíveis.

Já o prefeito Rui Palmeira, que não tem mais tempo a perder – se quer tentar recuperar a aprovação que teve no primeiro mandato -, também já sinalizou que vai mudar a equipe para ganhar algum fôlego para o processo sucessório na prefeitura de Maceió – daqui a dois anos.

Mas é difícil dizer o que ele considera, efetivamente, que não está funcionando como precisa. Mais difícil, no entanto, parece ser para o prefeito fazer as mudanças: tirar os que mais atrapalham do que ajudam e colocar sangue novo, gente que saiba o que está fazendo e porque está fazendo, de olho no objetivo projetado (?) pela gestão – e que só ele, Rui Palmeira, pode dizer qual é.

 


Fonte: tnh1

Tags: rui e renan filho se encontram na mesma encruzilhada