Quatro homens em disputa

Os quatro pré-candidatos sob o olhar do reino animal

A cada análise cabe escolha do leitor. A nossa fica para depois.

14/01/2019 por Por Raul Rodrigues

Se fossemos colocar com clarividência a análise dos quatro principais pré-candidatos a prefeito de Penedo para as eleições de 2019 sob o olhar clínico do reino animal – isto sem nenhuma conotação pejorativa – não queremos processos, a cada pré-candidato seria dada a comparação com alguns representantes do nosso reino animal.

Um deles seria o Urso no pós-momento da hibernação quando acorda faminto, magro, mas com energia suficiente para correr ao seu limite de 50 km/h, alto e com força suficiente para derrubar até arvores nas quais estejam nas alturas inacessíveis suas presas prediletas. Somente armadilhas muito inteligentes seriam capazes de detê-lo. A falta de bussola também poderia lhe ser um problema.

Outro seria o voo da Águia que com olhar milimétrico e cartesiano pode escolher as presas a quilômetros de distância e com as garras e bico, renovados pela mudança do tempo de vida, somente lhe garante unir a experiência às suas caraterísticas mais aguçadas de um dos maiores caçadores do Universo. Velocidade, perfeição ao atingir o alvo e força são mortais a uma das aves mais difíceis de serem abatidas.

Outro poderia ser representado pelo Pavão. Bonito e encantador, com seu rabo quando aberto significa virilidade com seu canto rouco, que chama a atenção pelas múltiplas cores qual quadro de Picasso, entretanto somente destinado à sua própria casta – a dos Pavões – pois não se mistura aos pobres comuns dos bípedes emplumados ficando restrito ao seu próprio terreiro, ou área de voos curtos pela dificuldade em conduzir tamanha cauda. Encanta, mas não respira os ares dos comuns. É seletivo em demasiado. Enfeita um quadro, mas não atrai o grande público.

E por último, o Canário da terra, que canta mafiosamente, vem de origem humilde se comparado ao Canário Belga, que vive dias de preservação – risco de extinção – primo do Curió, este muito valorizado, mas que dentre os colecionadores encontra-se reunindo concertos em disputas para se saber qual dentre os participantes é o mais afinado. Quando especial é um dos mais valorizados pássaros canoros da nossa região. Mas tem que cantar muito para convencer ao grande público.


Fonte: correiodoppovo-al.com.br

Tags: os quatro pré-candidatos sob o olhar do reino animal