Título de Fake News

O Título de Cidadão Penedense que nunca foi autorizado pela CVP

udo foi orquestrado pelo ex-prefeito Raimundo Marinho.

18/12/2018 por Por Raul Rodrigues
Na chegada a Penedo

Se existem mais eu não posso afirmar. Mas que o Título de Cidadão Penedense “dado” pela Câmara de Vereadores de Penedo ao então candidato a presciente da república, deputado federal, Carlos Lacerda, nunca foi realmente aprovado pelos vereadores da época, em 1964.

Na verdade o então prefeito Raimundo Marinho concedera tal honraria sem antes combinar com o presidente do Poder Legislativo Penedense, senhor Milton de Britto Machado, que em protesto por não ter sido sequer comunicado, não convocou aos senhores vereadores apara sessão extraordinária fazendo tramitar tal Projeto de Lei, invalidando por inteiro o que fora realizado por meio de ato falho – uma pseudo reunião no Bar do Hotel São Francisco – sem a presença da maioria esmagadora dos edis, agravando-se o fato pela ausência do presidente da CVP.

Sem aprovação legal e regimental, o título não passou de uma trágica comédia dos tempos dos poderosos contra a ordem natural dos fatos.

Carlos Lacerda participou então da inauguração da Praça da Santa Luzia – ou Praça dos Bichos – local que muito serviu de entretenimento para as crianças penedenses e da região pelo porte dos animais ali expostos – jacarés, pavões, urubus-reis, tatus, pacas, capivaras, macacos, cobras, e pássaros das mais variadas espécies da região em completa exposição pública, resguardando-se a segurança dos visitantes por cercas e grades de isolamento.

Era uma verdadeira oportunidade de visitar a um pequeno zoológico.

com informações de Anselmo de Britto Machado. 


Fonte: correiodoppovo-al.com.br

Tags: o título de cidadão penedense que nunca foi autorizado pela cvp

Galeria de fotos