reforma da Previdência

Reforma pode chegar antes para trabalhadores do INSS

09/11/2018 por Laís Alegretti e Talita Fernandes

Os trabalhadores da iniciativa privada podem ser mais afetados do que os servidores públicos se o atual presidente, Michel Temer (MDB), e o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), trabalharem em conjunto pela aprovação, ainda em 2018, de uma reforma da Previdência sem alterar a Constituição.

Diante da falta de apoio no Congresso e do tempo curto para aprovar uma PEC (proposta de emenda à Constituição), que exige um número maior de deputados e senadores favoráveis, mudar as aposentadorias por lei ou medida provisória tem sido apontado como uma alternativa à proposta que está parada na Câmara.

Embora a aprovação de parte de uma reforma seja considerada uma boa sinalização para o mercado, ela vai contra o discurso de Temer e Bolsonaro, de que é necessário acabar com privilégios.

Sem mexer na Constituição, a maior parte das mudanças possíveis é exatamente nas regras dos trabalhadores ligados ao INSS.

Isso porque o benefício de quem tem salário maior –os servidores públicos– está mais protegido pela Constituição.


Fonte: https://www.agora.uol.com.br

Tags: reforma pode chegar antes para trabalhadores do inss