Esportes

Dillon Danis e colegas de Khabib envolvidos em tumulto serão julgados em 14 de novembro

Zubaira Tukhugov, Abubakar Nurmagomedov, Esedulla Emiragaev e o empresário Rizvan Magomedov, estão na agenda de reunião da Comissão Atlética de Nevada

09/11/2018 por Por Combate.com — Las Vegas

A Comissão Atlética de Nevada (NAC, na sigla em inglês) vai julgar no próximo dia 14 de novembro os envolvidos na confusão que suscedeu a vitória de Khabib Nurmagomedov sobre Conor McGregor no UFC 229, dia 6 de outubro passado. A entidade incluiu audiências com os atletas Dillon Danis, da equipe de McGregor, e Zubaira Tukhugov, Abubakar Nurmagomedov e Esedulla Emiragaev, da equipe de Nurmagomedov, além do empresário Rizvan Magomedov, na agenda de sua reunião do dia 14, disponível em seu site oficial, de acordo com o site "MMA Fighting".

Todos os cinco indivíduos citados estão suspensos preventivamente pela NAC. Treinador de jiu-jítsu de Conor McGregor, Dillon Danis é considerado o "instigador" da confusão; no córner do lutador irlandês, ele teria provocado Khabib após a luta; o peso-leve russo pulou a grade do octógono e o atacou do lado de fora. Parte da agência Dominance MMA, de Ali Abdelaziz, que cuida da carreira de Nurmagomedov, Rizvan Magomedov é visto em vídeos atacando Danis no meio da confusão, e foi detido pela Polícia de Las Vegas. Ele seria liberado mais tarde, já que McGregor e sua equipe não prestaram queixa.

Abubakar Nurmagomedov, Zubaira Tukhugov e Esedulla Emiragaev invadiram o cage durante a confusão. Primo de Khabib, Abubakar tentou saltar a grade para ajudá-lo e levou um soco de McGregor; ele daria o troco após o irlandês ser atacado por Tukhugov e Emiragaev, que deu um soco pelas costas de McGregor.

Tukhugov é o único dos cinco que tem um contrato vigente com o UFC. Ele deveria enfrentar Artem Lobov, companheiro de equipe de McGregor, no UFC Moncton do último dia 27 de outubro, mas a organização o retirou do card para evitar novos tumultos. Presidente do Ultimate, Dana White anunciou que cortaria qualquer lutador da companhia que estivesse envolvido na briga, mas ainda não demitiu Tukhugov. Khabib ameaçou deixar o UFC caso o colega seja demitido.

Abubakar Nurmagomedov é lutador da Professional Fighters League, e lutou pela organização uma semana após a confusão. Dillon Danis é atleta do Bellator, mas não tem lutas marcadas por enquanto.

Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov estão suspensos preventivamente, e suas próximas audiências estão marcadas para 10 de dezembro em Las Vegas. A comissão está retendo metade da bolsa de luta de Khabib, no valor de US$ 1 milhão (R$ 3,759 milhões).


Fonte: https://globoesporte.globo.com

Tags: dillon danis e colegas de khabib envolvidos em tumulto serão julgados em 14 de novembro