FIES; engodo ou lucro?

FIES! O colapso educacional e profissional do Brasil.

Universitários de origem pobre não conseguem pagar o parcelamento contratado, mas as faculdades já receberam.

08/11/2018 por Por Raul Rodrigues

O Crédito Educativo – CREDUC – criado ainda nos governos militares mantinha uma linha de crédito para universitários dos anos 60/70/80 como forma de ajudar nas passagens de ônibus e manutenção do estudante nas Universidades durante o período manhã/tarde nos Campus Universitários se utilizando dos famosos “bandejões” nos Restaurantes Universitários com preços populares.

Os valores do CREDUC eram ínfimos, e por isso mesmo, viável para o pagamento quando do final dos cursos dos universitários contratantes. Em média um salário mínimo a cada mês. Atualmente o FIES paga até mensalidades de R$ 7 a R$ 10 mil reais por mês. Nos casos dos cursos de medicina.

Com a criação das Universidades particulares a grande MINA do uso do FIES foi exatamente para essa área que é de gestão empresarial.

Em tendo Ministros da Educação oriundos da área – empresários da educação – ou “prepostos” dos mesmos, perguntamos: para quem foi criado o sistema FIES? Para os estudantes carentes que terminam sem poder pagar o financiamento, ou para os empresários da área que nunca deixam de receber as parcelas do governo federal?!

 


Fonte: correiodoppovo-al.com.br

Tags: fies! o colapso educacional e profissional do brasil.