PMs demoraram duas horas

PMs demoraram duas horas e meia para registrar mortes

11/10/2018 por Alfredo Henrique

Policiais militares demoraram cerca de duas horas e meia para fazer a comunicação sobre o suposto tiroteio em que quatro jovens foram mortos, na favela do Areião, no bairro do Jaguaré (zona oeste), no último sábado.

O caso é investigado pela Ouvidoria das polícias e pela Corregedoria da PM como uma possível execução.

O boletim de ocorrência do caso, registrado no 91º DP (Ceagesp), indica que a ocorrência teve início por volta das 19h40, mas foi comunicada às 22h12.

A diferença dos horários é investigada.

Segundo relatado pelos policiais da Força Tática (um soldado, um sargento e um cabo), eles perseguiam um Ford Focus preto, roubado, ocupado por cinco menores.

Entre eles, estava uma jovem de 15 anos, que sobreviveu.

A Secretaria da Segurança Pública, gestão Márcio França (PSB), afirmou que os três policiais militares envolvidos na morte dos adolescentes "foram afastados do serviço operacional".

Disse ainda que "todos os envolvidos" no caso também já foram identificados.

O veículo ocupado pelos adolescentes, um Ford Focus preto, ainda segundo a secretaria, foi apreendido e também será submetido à perícia técnica.


Fonte: https://www.agora.uol.com.br

Tags: pms demoraram duas horas e meia para registrar mortes