Estratagema funcionou ara todos

Clã dos Beltrão já sabe a quem tem que combater. Mesmo que dividido.

Quintella terá cargo em Alagoas e será carta das eleições 2020 em Maceió.

08/10/2018 por Por Raul Rodrigues
aposta para o futuro

A velha técnica usada por algumas famílias ao se dividirem politicamente – vença quem vencer estamos dentro – também passa a ser utilizada por grupos políticos, por ou não, sobrevivência na área sendo fato concreto ou apenas miragem o “racha” familiar. Eu acredito em “racha conveniente” a fissura entre Március Beltrão e João Beltrão.

As eleições de Yvan e Marcelo Beltrão amplia o poder de fogo do clã gerado da mente politicamente fértil do, Capo João Beltrão, que se mantém não no mandato, mas com alto poder de fogo na região Sul com cinco prefeituras beltranianas, em Maceió por meio de dois deputados estaduais, e em Brasília com um deputado federal. A luta pelo senado de Marx Beltrão expõe uma indisposição com os Renans, mas nada que o tempo não cure.

Portanto, para este redator o “racha” fez diminuir em tempo a ascensão de Marx para o senado, estratégia reconhecidamente para não por em risco o mandato de Calheiros, isto aos olhos de bons observadores, todavia, para os próximos quatro anos – na verdade oito anos para Renan Calheiros – o “racha” não feriu de morte a Marx Beltrão, permitiu discursos “antagônicos” para Yvan e Marcelo, e deixou com cargo garantido a Maurício Quintella que escalpelou a Biu de Lira, esteio das oposições no estado.

O jogo foi jogado sem por em risco o Rei Renan Calheiros. Ou não?!
 


Fonte: correiodoppovo-al.com.br

Tags: clã dos beltrão já sabe a quem tem que combater. mesmo que dividido.